Quando se fala em aplicativo de transporte, tenho que certeza que você sabe de algum ou, muito provavelmente, já tenha andado em um, certo? Pois bem, eles estão em alta e são famosos no mundo inteiro. Nesse texto vamos contar um pouco sobre a criação deles, acompanhe!

Uber 

Além de ser um dos mais famosos, a Uber foi uma das primeiras empresas deste ramo a chegar ao Brasil. Foi fundado em 2009, na Califórnia e chegou ao Brasil em 2014, ganhando força a partir de então. 

Com esse aplicativo, o usuário solicita uma viagem, colocando o endereço para o qual deseja ir, tendo como escolher a forma de pagamento e tendo acesso ao carro e o tempo de espera até o carro chegar. 

O motorista, ao receber a solicitação, pode aceitar ou não a viagem, dependendo da distância e se aceitar, o passageiro tem acesso ao seu nome, foto e detalhes do carro, como o modelo e a placa, tudo que contribui para uma melhor segurança e confiança ao cliente. 

Esse app oferece várias formas de pagamento para facilitar e tornar mais acessível a corrida para o usuário e também conta com vários recursos de segurança, como a possibilidade de compartilhar os dados da viagem com família e amigos, de acompanhar o trajeto em tempo real e, ainda, é possível entrar em contato com a polícia pelo próprio aplicativo. 

Além disso, há uma série de documentos e requisitos que o motorista precisa preencher para se cadastrar, de modo que eles sejam competentes e capacitados para realizar as corridas transmitindo sempre segurança e confiança aos passageiros. 

Cabify 

A Cabify surgiu em 2011, na Espanha e oferece serviço de transporte com um preço melhor, pois cobra pelo quilômetro rodado, otimizando a distância entre dois pontos, dessa forma  o passageiro paga pela rota mais direta, independente da rota que foi escolhida pelo motorista. 

Esse aplicativo estabelece os preços cujo custo por quilômetro não varia de acordo com a hora do dia. Os carros e motoristas da Cabify passam por uma seleção rigorosa. Todos os motoristas têm que passar por testes psicométricos, toxicológicos, médicos e visuais, além de um teste de conhecimento da cidade. Os motoristas também têm que demonstrar que não possuem antecedentes criminais ou infrações de trânsito. 

99

A 99 é uma empresa brasileira que foi fundada em meados de 2012 e disponibiliza um serviço de transporte de passageiros com motoristas particulares e com as opções de corrida e de cadastramento semelhantes às que são exigidas pelo Uber, bem como as várias formas de pagamento. 

Da mesma forma, dispõe de mecanismo de segurança que conta com atendimento policial de vinte e quatro horas por dia e também possibilita o compartilhamento da viagem com parentes e amigos. 

Uma novidade trazida por essa empresa é uma forma da viagem ser exclusiva por mulheres, ou seja, o cadastramento de motoristas é feito somente por mulheres e só são aceitas as mulheres como passageiras, dessa maneira, é oferecido a elas melhor segurança e proteção a sua integridade física, diminuindo o risco de algum crime, principalmente de assédio sexual. 

Vantagens de um aplicativo de transporte 

Os aplicativos de transporte vieram para tornar mais fácil nossa vida e por isso, listamos alguns benefícios que eles trazem:

  • economia e sustentabilidade; 
  • acessibilidade e facilidade;
  • praticidade e comodidade;
  • custo-benefício; 
  • segurança;
  • conforto

Como funciona esses aplicativos 

Em geral, esses aplicativos de transporte tem a funcionalidade parecida, que começa na solicitação da viagem pelo passageiro e vai até a chegada ao local desejado. Vejamos as etapas: 

  • Solicitação – o cliente solicita um carro na hora por meio do aplicativo. Essas solicitações são recebidas por motoristas próximos de sua localidade;
  • Correspondência – o motorista pode aceitar ou rejeitar a viagem. Se ele rejeitar, a solicitação será enviada a outro motorista;
  • Tempo de espera – o cliente rastreia a aproximação do táxi e sabe o tempo estimado de chegada; 
  • Viagem – a partir do momento que o passageiro entra no carro e o carro se desloca até o destino;
  • Pagamento – a forma de pagamento é escolhida pelo passageiro e é feito de acordo o preço estimado previamente 
  • Classificação – é  um mecanismo importante de feedback, que aumenta a confiabilidade do serviço.

Como criar um aplicativo de transporte 

Antes de criar um app com essa finalidade, é preciso fazer um planejamento sobre como será o serviço e como ele será apresentado, especificando as suas funcionalidades. É preciso pensar no público que será atingido, na localidade que será disponibilizado, entre outras coisas. 

A seguir, veremos alguns pontos fundamentais que seu aplicativo precisa ter para obter sucesso, confira:

  • fluxo de usuário, ou seja, como eles irão utilizar o aplicativo, seja para motoristas, seja para passageiros; 
  • geolocalização, para determinar as posições geográficas e facilitando a localização de motoristas e passageiros; 
  • notificação push, oferecendo ao usuário todas as informações necessárias; 
  • pagamentos in-app, possibilitando ao consumidor escolher alguma forma de pagamento que lhe seja mais favorável; 

Gostou desse texto? Curta e compartilhe. No caso de dúvidas sobre desenvolvimento de aplicativos, deixe um comentário.