São Paulo 11/6/2020 – Ao perceber que pais e família se interessam por seus estudos e por suas experiências escolares, a criança sente-se valorizada

Parceria entre família e escola só traz benefícios, auxilia no aprendizado e diminui a evasão escolar

A presença na educação dos filhos vai além da relação com a escola. Os pais que conseguem, mesmo em meio a tantos compromissos, demonstrar a importância do processo educativo para os filhos, já estão contribuindo significativamente para o desenvolvimento deles. O ideal é formar uma equipe que, em parceria, desenvolva ações capazes de melhorar e contribuir para o bom desenvolvimento e rendimento dos estudantes.

De acordo com Bruna Duarte Vitorino, pedagoga que atua na área de educação há 15 anos e que atualmente é coordenadora pedagógica do Kumon, a família deve acompanhar o crescimento educacional e os avanços dos filhos. “Ao perceber que pais e família se interessam por seus estudos e por suas experiências escolares, a criança sente-se valorizada, desenvolvendo-se de forma segura e com boa autoestima”, diz.

Os avanços podem ser notados nas pequenas atividades diárias, como postura na hora de fazer as tarefas, capacidade de motivação e entendimento do conteúdo estudado. “Além disso, a presença dos pais na escola deve acontecer com frequência e não somente quando forem chamados para resolver algum problema. Se os pais tiverem um contato permanente com a escola, os filhos percebem a parceria e cumplicidade entre os adultos responsáveis por sua formação e tornam-se parte dessa sintonia”, aponta Taís Bento, educadora e fundadora do SOS Educação.

A rotina da família prepara o aluno para que possa ter uma relação saudável e positiva com os estudos. Ter como prioridade momentos para brincar, relaxar e se divertir em casa é essencial para aprender melhor na escola. Além disso, respeitar horário para dormir, fazer as refeições de forma tranquila em família e ter responsabilidade na rotina doméstica da casa são alguns elementos da rotina familiar que impactam de forma positiva no desempenho escolar.

“Diante dos novos desafios que a educação de um filho pressupõe, os pais precisam de ajuda para conseguir entender como dar em casa o suporte para que o processo formal de aprendizagem aconteça de forma mais tranquila e eficaz. Educar os pais passa a ser uma das funções da escola também”, finaliza Taís.

Website: http://www.kumon.com.br