curitiba 9/6/2020 –

Sociedade Paranaense de Cardiologia aproveita Dia da Imunização (09.06) para reforçar o papel da vacina como forma de reduzir complicações cardiovasculares em pacientes portadores de doenças cardíacas crônicas

Nesta terça-feira (09.06), é comemorado em todo o país o Dia da Imunização, momento de reforçar a importância da vacinação não apenas para a prevenção de doenças, como também uma forma eficaz de reduzir complicações cardiovasculares em pacientes portadores de doenças cardíacas crônicas.

As infecções, principalmente as respiratórias, causam alterações nos fatores de coagulação, agregação plaquetária e na resposta inflamatória do indivíduo, sendo assim, gatilhos para eventos agudos como infarto, AVC, descompensação de insuficiência cardíaca e até morte.

Portanto, a Sociedade Paranaense de Cardiologia (SPC) frisa a necessidade de vacinação contra Influenza (Gripe) e contra Pneumococco (Pneumonia) a fim de reduzir morbimortalidade, além de manter atualizado o calendário recomendado pelo Ministério da Saúde, independente da idade.

“Um dos mecanismos de desencadear infarto são as infecções por vírus (gripes) e bactérias (pneumonias). O processo inflamatório em decorrência destas infecções pode instabilizar as placas de gorduras e levar ao entupimento de artérias do coração. Estamos no outono, período que favorece estes tipos de infecções, portanto vamos prevenir e nos vacinar, e procurar seu cardiologista para mais esclarecimentos”, recomenda o presidente da Sociedade Paranaense de Cardiologia, Dr. Raul D’Aurea Mora.

Básica Comunicações – www.basicacomunicacoes.com.br
Jornalista responsável: Daniela W. Licht – daniela@basicacomunicacoes.com.br

Website: http://www.prcardio.org