Com mais de 200 funcionários e associados permanentes e potencial de 1000 vagas temporárias extras em período de alta demanda, novo centro de distribuição é o décimo no país. Agora, a empresa alcança mais de 9.600 empregos diretos e indiretos na área de operações.

A Amazon anuncia a expansão de suas operações no Brasil com o novo Centro de Distribuição localizado em São João de Meriti, Rio de Janeiro. O primeiro Centro localizado no estado abre com mais de 200 novos empregos diretos permanentes e espera gerar mais de 1.000 temporários para períodos especiais de eventos e alta temporada. Com esse anúncio, a empresa alcança mais de 9.600 empregos diretos e indiretos gerados na área de operações, sendo 5.200 deles diretamente. Com esta inauguração, a Amazon passa a possuir dez centros de distribuição no país, presentes nos principais estados, como São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Pernambuco, além do Distrito Federal.

A criação do novo centro reforça o compromisso da empresa em acelerar os negócios no país e apoiar as comunidades nos locais onde tem atuação. A Amazon oferece uma variedade de vagas, com salários competitivos e benefícios exclusivos para os seus colaboradores, como programas de treinamento gratuitos, para que eles possam ter a oportunidade de construir uma carreira na empresa desde o Dia 1.

“A chegada desse novo Centro de Distribuição nos deixa orgulhosos por trazer uma quantidade considerável de oportunidades de trabalho para a comunidade de São João de Meriti. A expansão vai de acordo com nosso compromisso em contribuir para a economia onde atuamos, além de oferecer um serviço de entrega rápida e de qualidade aos nossos clientes”, afirma Ricardo Pagani, diretor geral de operações da Amazon no Brasil. “Estamos extremamente confiantes na nova operação, gostaríamos de agradecer ao governo e aos membros das equipes engajadas que nos apoiaram incansavelmente para que esse projeto pudesse acontecer na região”, acrescenta.

“A vinda da Amazon para o Rio de Janeiro segue nossa estratégia de valorizar empregos locais e consolidar nosso potencial logístico. É uma prioridade de nosso governo apoiar as empresas que desejam fazer negócios e, ao mesmo tempo, atrair investimentos para a geração de renda dos cidadãos do Rio de Janeiro”, comenta Cláudio Castro, governador do Rio de Janeiro.

O novo complexo, que representa cerca de 30 mil metros quadrados, equivalente a quase quatro campos de futebol, faz parte do plano de expansão da amazon.com.br no país, site em que os clientes já podem comprar mais de 45 milhões de itens de mais de 30 categorias diferentes. Esse crescimento irá deixar a grande variedade de produtos da Amazon ainda mais perto dos clientes da região, possibilitando rotas de entrega mais fáceis para o estado.

As operações no novo prédio levam em conta os protocolos de segurança contra a COVID-19 aplicáveis, com soluções de saúde e segurança permanentes. Desde o início da pandemia, a Amazon colocou o bem-estar e saúde de suas equipes como uma de suas prioridades. Globalmente, a empresa realizou mais de 150 mudanças em suas operações para ajudar no combate ao COVID-19 e contribuir para a segurança de seus funcionários, como distanciamento social, máscaras, luvas, assim como melhorias de limpeza e processos de higienização, para citar alguns.