A avaliação de desempenho ambiental é a análise dos resultados mensuráveis da gestão de uma organização sobre seus impactos ambientais. Quando a empresa possui um SGA (Sistema de Gestão Ambiental), os resultados podem ser medidos com base na política, objetivos e metas ambientais da organização. A norma que rege a ADA é a ABNT NBR ISO 14.001:2004.

A Avaliação de Desempenho Ambiental é uma ferramenta de gestão interna, planejada para prover um gerenciamento com informações confiáveis e verificáveis, para determinar se o desempenho ambiental de uma organização está adequado aos critérios estabelecidos pela administração da organização. Assim, ao avaliar o status de seu desempenho ambiental, são levantadas as áreas onde melhorias e correções são necessárias para o correto funcionamento da empresa conforme sua política e as normas aplicáveis.

Este processo deve ser realizado de modo contínuo, agregando benefícios para o empreendimento, elevando a eficiência da organização, identificando tendências e oportunidades para a melhoria de gestão de seus aspectos ambientais, identificando os aspectos ambientais significativos e determinando as ações necessárias para atingir seus critérios de desempenho ambiental.

A NBR ISO 14.031:2004 dá suporte aos requisitos da NBR ISO 14.001, mas podendo ser utilizada de forma independente.

Conforme a NBR ISO 14.031, o modelo do processo integra 3 fases principais, sendo o planejamento, execução e a verificação e atuação para melhorias. Esse ciclo é conhecido como PDCA (PLAN-DO-CHECK-ACT).

A NBR ISO 14.031 ainda descreve duas categorias de indicadores para a avaliação de desempenho ambiental, sendo eles:

IDA – Indicador de Desempenho Ambiental: onde é classificado em 2 tipos:

                – IDG (Indicadores de Desempenho de Gestão): fornecem informações relativas a todos esforços de gestão da empresa que influenciaram positivamente no seu desempenho ambiental. EX: redução de consumos de materiais, administração dos resíduos sólidos, relações com a comunidade, treinamentos e programas de educação ambientais.

                – IDO (Indicadores de Desempenho Operacional): fornecem informações relacionadas às operações do processo produtivo da empresa com reflexo no seu desempenho ambiental. EX: consumo de água, consumo de energia e matéria-prima, geração de resíduos, efluentes líquidos, geração de ruídos.

ICA – Indicador de Condição Ambiental: fornecem informações sobre a qualidade do meio ambiente onde se localiza a empresa industrial, sob a forma de resultados de medições efetuadas de acordo com os padrões e regras ambientais estabelecidas pelas normas e dispositivos legais. O desenvolvimento e aplicação do ICA, frequentemente são funções das agências governamentais e instituições de pesquisa e cientificas. EX: qualidade da água, qualidade do ar, concentração de contaminantes, áreas protegidas, erosões, concentração de nutrientes no solo, incidência de doenças, taxa de crescimento da população, densidade demográfica, número de espécies de flora e fauna, quantidade de vegetação.

Assim, um dos caminhos para se atingir a sustentabilidade ambiental dos processos produtivos é a realização da ADA, de modo a aferir como a empresa está respondendo às questões ambientais e garantir que ela se torne, ou permaneça, competitiva, mensurando a eficácia dos procedimentos de conservação e/ou otimização do uso dos recursos naturais, bem como as medidas de controle ambiental adequadas, ou a serem adotadas pela empresa.