A criação da moeda social, a Araribóia, semelhante à Mumbuca, de Maricá, está nos planos do prefeito eleito de Niterói, Axel Grael (PDT), no pacote de medidas para recuperar o potencial econômico da cidade após a pandemia. Sua primeira medida quando assumir a prefeitura, em janeiro, contudo, será prorrogar o programa renda mínima, que atende as famílias carentes, até a chegada da vacina contra o coronavírus.  Com 151.846 votos, o ambientalista e engenheiro florestal foi eleito no primeiro turno, com 62,56% dos votos válidos. A moeda social é voltada basicamente para a população de baixa renda.

— A vitória não é de um indivíduo, mas de um projeto sólido, iniciado pelo prefeito Rodrigo Neves, que transformou nossa cidade, resgatando sua autoestima e tirando do papel conquistas históricas. Agora vamos avançar ainda mais, fazendo de Niterói um lugar cada vez melhor pra viver e ser feliz – disse Grael na comemoração da vitória.

Um dos criadores do Movimento de Resistência Ecológica (MORE), através do qual participou de várias lutas ambientais, principalmente pela despoluição da Baía de Guanabara e das lagoas da Região Oceânica de Niterói, Axel Grael vai substituir Rodrigo Neves com uma vasta experiência de gestão administrativa. Ele foi presidente do antigo Instituto Estadual de Florestas, da FEEM e foi subsecretário estadual do Ambiente. Como engenheiro florestal, é servidor concursado da Prefeitura do Rio e, há oito anos, atua no planejamento de Niterói, com ênfase na captação de recursos.

— No final da década de 70, quando já sonhávamos com uma cidade referência em sustentabilidade, participamos da formação de uma nova geração de ambientalistas. Éramos vistos como ETs, sonhadores. Com a luta, foram criados o Parque da Tiririca e a cidade avançou muito no uso da bicicleta. Hoje a cidade tem 45 quilômetros de ciclovias e outros 45 serão construídos na Região Oceânica e mais 27 na Zona Norte. Breve, será possível ir de Itacoatiara ao Barreto de bicicleta – previu Axel Grael, que faz parte de uma família de esportistas e é um dos criadores do vitorioso Projeto Grael (vela).

Como braço direito de Rodrigo Neves, Axel comandou a equipe de transição de governo, que assumiu a prefeitura com uma dívida volumosa e muitos projetos engavetados. Como secretário municipal, ficou à frente da equipe de captação de recursos que resultou, inclusive, na construção do túnel Charitas-Cafubá. Também comandou o programa Se Liga, através do qual conseguiu reduzir a poluição das praias niteroienses com a ligação das redes de esgotos das comunidades ao sistema coletor da concessionária Águas de Niterói.

Axel Grael ainda não falou em mudanças na estrutura de governo, mas fontes ligadas ao futuro prefeito confirmaram que ele fará mudanças prioritárias no comando da NitTrans (responsável pelo trânsito na cidade), na Fazenda e no Meio Ambiente, entre outras secretarias e fundações. Vai valorizar o desenvolvimento econômico, com o projeto Cidade Inteligente, e priorizar os serviços e a conservação. Nas relações com a Câmara Municipal, vai contar com a experiência do seu vice, Paulo Bagueira, atual presidente do Legislativo.

No primeiro ano, Grael vai concluir obras em andamento, com o Projeto Orla de Piratininga (saneamento das lagoas); a restauração do Cinema Icaraí; e, o Projeto Orla, de revitalização da orla marítima da cidade, do Centro a Charitas. Ele também pretende dar início ao grande centro de eventos, inclusive de esportes, na Concha Acústica do Gragoatá, próximo ao Clube Canto do Rio. Outro projeto é a urbanização da Alameda São Boaventura, com ciclovias e tratamento paisagístico semelhante ao que foi feito na Avenida Marquês do Paraná.

— Axel Grael é dessas pessoas que olha nos olhos e compreende cada palavra dita a ele, mesmo que o mundo esteja desabando ao redor. Sua habilidade de olhar para o todo, contemplando o indivíduo e capacidade de agregar pessoas e fazê-las crescer, são uma de suas maiores características – comentou a jornalista Mariane Thamsten, que acompanha Grael há vários anos no Projeto Grael e na prefeitura.

Com sua experiência de relações internacionais, Grael planeja buscar investimentos na cidade com foco na recuperação econômica e geração de empregos, que envolve a dragagem do canal de São Lourenço, para revitalizar a indústria naval. Mulher e braço direito de Grael, sua mulher, Christa Vogel Grael, deverá atuar nas relações do município com as ONGs que atuam em projetos voltados para práticas sustentáveis.

— Nosso grande desafio será o saneamento básico, principalmente de Icaraí, onde prédios foram construídos sobre rios. Temos a dimensão do tamanho da encrenca, mas vamos encará-la – prometeu o prefeito eleito de Niterói.