A banana nanica se valorizou novamente no Semiárido brasileiro na semana passada (de 21 a 25/09). Segundo agentes consultados pelo Hortifruti/Cepea, além da baixa oferta nacional, a procura pela variedade se manteve elevada na região.

Houve boa demanda principalmente de mercados que antes compravam do Sul e do Sudeste (que tiveram suas produções afetadas por fatores climáticos), mas, agora, estão buscando por frutas do Semiárido – os principais compradores são Paraná, Santa Catarina e interior de São Paulo.

Assim, no Norte de Minas Gerais, os preços da banana nanica de primeira qualidade subiram 16%, com média de R$ 2,25/kg na semana passada.

Fonte: Cepea/Hortifruti