Brasileirão: Veja as chances matemáticas de título e rebaixamento

Rodada de número 24 aumentou as chances de título para o Atlético-MG

Atlético segue favorito ao título do Brasileirão
Foto: Pedro Souza / Atlético-MG

A rodada 24 do Campeonato Brasileiro 2021 terminou nesta quinta-feira (06) com o empate entre São Paulo e Santos em 1×1. Faltando apenas 14 rodadas para o fim, o departamento de matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), calcula as probabilidades de título e rebaixamento do campeonato.

O Atlético-MG aumentou as suas chances de ser campeão da competição, mesmo tendo empatado com a lanterna Chapecoense. As chances do alvinegro subiram mediante aos resultados dos jogos de Palmeiras e Flamengo. O Verdão perdeu de virada para o América-MG por 2×1, enquanto que o rubro-negro carioca empatou em 1×1 com o Bragantino.

Segundo os cálculos, o Galo vingador tem 87,5% de chance de levantar a taça do Brasileirão. O Flamengo, segundo colocado da competição aparece com 8,6% possibilidade de levar o título, seguido pelo Palmeiras que possui 1,6%.

Outros times que possuem probabilidades de levantar o caneco do Brasileirão são: Fortaleza com 1,3%, Corinthians com 0,40%, Red Bull Bragantino e Athletico-PR ambos com 0,19% e Internacional com 0,11%.

Brasileirão: Rebaixamento

A Chapecoense está virtualmente rebaixada no Brasileirão. Com o empate de ontem com o Atlético=MG, a equipe de Santa Catarina chegou a apenas 12 pontos em 24 partidas. Com isso a possibilidade de rebaixamento da Chape é de 99,54%.

Na outra metade da tabela do campeonato, os times lutam para permanecer na elite do futebol nacional. Segundo a pesquisa, grandes times como Grêmio, São Paulo e Santos tem alta probabilidade de descerem à segunda divisão.

O Sport aparece em seguida com 63,8% de chances de queda, seguido pelo Bahia com 56%. O Grêmio aparece com 46,7%. O Santos aparece como novidade na luta contra o rebaixamento. A equipe juntamente com São Paulo e Flamengo nunca jogaram a segunda divisão, contudo, atualmente o time da Vila Belmiro tem 44,4% de chances de cair.

Juventude está com 33,3% de possibilidade de queda, seguido de Cuiabá com 12,9% e Ceará com 11%. A pontuação necessária para seguir na primeira divisão do Campeonato Brasileiro é de 45 pontos. Sendo assim, muita coisa pode acontecer ainda no Brasileirão.