Praia do Peró
Praia do Peró

A criação de uma secretaria extraordinária de verão, sem aumento de despesas e com rodízio de secretários das pastas permanentes, foi anunciada por José Bonifácio Novelino (PDT) caso ele seja eleito prefeito de Cabo Frio em 15 de novembro. Em entrevista nesta sexta-feira à Rádio 104 FM, Bonifácio afirmou que vai consolidar o projeto Bandeira Azul na Praia do Peró e que fará uma auditoria nos serviços da concessionária Prolagos para saber os motivos pelos quais a empresa não investe na distribuição de água e tratamento de esgotos em Cabo Frio, maior cidade da Região dos Lagos.

— Não se admite que os quiosques da Praia do Peró, única praia do interior fluminense com a Bandeira Azul, não tenha água potável e nem rede de esgotos. Isso põe em risco a certificação internacional por causa da Prolagos, que precisa assumir as suas responsabilidades no saneamento da cidade, em especial no Peró, Tamoios e na Lagoa de Araruama — lamentou Novelino, acrescentando que já assumiu, com os Amigos do Peró, o compromisso de consolidar o projeto Bandeira Azul.

A secretaria extraordinária, segundo ele, vai funcionar durante a alta temporada do verão, com postos fixos (tendas) nas quatro principais praias de Cabo Frio (Forte, Peró, Conchas e Tamoios). O comando será de um secretário, com rodízio nos fins de semana:

— No verão, não se pode deixar as praias sob a responsabilidade exclusiva da Posturas. O comando será de um secretário presente, com a representação de todas as secretarias. A intenção é prestar um bom atendimento ao turista. As crianças vão receber pulseiras, para serem rapidamente localizadas caso se percam dos pais. As equipes de limpeza e de segurança estarão à frente, em cooperação com o Corpo de Bombeiros de Polícia Militar.

FOTO: Bonifácio criticou a Prolagos por não levar água e esgoto para a orla do Peró, que conquistou a Bandeira Azul. Foto de Ernesto Galiotto

Bonifácio disse que vai levar a Secretaria do Meio Ambiente para Tamoios, onde fica o Parque do Mico-Leão Dourado e outras áreas que precisam ser preservadas. Ele tranquilizou os ambientalistas afirmando que um núcleo do Meio Ambiente continuará funcionando, com todos os recursos, no Centro, com atenção especial para a Costa do Peró. Disse também que a secretaria de Obras ficará em Tamoios e que as secretarias de esportes e de promoção social ficarão no Jardim Esperança.

Ainda em relação ao turismo e meio ambiente, Bonifácio anunciou que, caso seja eleito, vai procurar a iniciativa privada para recuperar a Morada Samba, transformando-a num grande centro de eventos:

— As praias são o grande atrativo de Cabo Frio e esta beleza natural faz a economia ter um bom desempenho no verão. Mas depois do Carnaval? A Morada do Samba será a Morada dos Eventos, possivelmente já a partir de outubro. Faremos lá o Carnaval, exposições, encontros de motociclistas, eventos náuticos, congressos, etc.

Bonifácio disse que também vai buscar parcerias com a iniciativa privada para resolver o grande problema do Peró, Ogiva e Pontal: um novo acesso, que também atenderá à interligação viária Cabo Frio-Búzios-Arraial do Cabo. O candidato do PDT previu que terá pouco tempo e recursos para criar novos serviços na próxima temporada de verão e anunciou uma prioridade, na área da saúde:

— No dia 4 de janeiro já estarão atuando 20 equipes da Saúde da Família em unidades próprias da Prefeitura. A intenção é chegar, talvez em um ano, a 40 equipes. A grande maioria da população de Cabo Frio não tem acesso a planos de saúde – concluiu.