O empreendedorismo sustentável é um movimento feito por pessoas conscientes, que estão à frente de empresas pequenas, médias ou grandes, que, por sua vez, visam conduzir seus negócios sempre tendo em vista o equilíbrio entre a preservação do planeta e a geração de lucro.

O crescimento da internet e as possibilidades de troca de informação entre lojas e clientes, entre compradores e vendedores, desde a comunicação da marca (propaganda) até ao momento do pagamento (transferências eletrônicas de dinheiro), sem esquecer a facilitação do relacionamento com o cliente, estão trazendo uma revolução aos hábitos.

O que é sustentabilidade?

Sustentabilidade é um conceito complexo, mas, de forma geral aqui, é a ideia de proteger os recursos naturais para que sempre possamos ter acesso a eles.

As empresas que carregam o selo de sustentabilidade ecológica buscam usar esses recursos de forma consciente e desenvolvem ações para preservá-los.

Mais do que preservar o meio ambiente, as empresas sustentáveis também visam preservar a sua própria atividade! Há também o caso inverso, como exemplo de atividades econômicas não sustentáveis, temos o caso da pesca predatória, que resultou na ameaça de extinção a 40% dos peixes cartilaginosos.

Digitalização é uma via para a sustentabilidade

A transformação digital ou digitalização de nossas economias e de nossas sociedades deve ser vista como uma ferramenta ao serviço de um futuro mais sustentável. O fato de os apostadores não precisarem se deslocar para submeter suas apostas, pode ser visto como uma grande vantagem pelo fato de não existir, antigamente, um regime de apostas que levasse os clientes à banca ou à casa de apostas. Em sites especializados como a NetBet (https://br.netbet.com/), os apostadores irão encontrar um ambiente em que é possível usufruir do jogo de apostas, de forma totalmente online, tudo graças à digitalização das atividades. Esse é, sem dúvidas, mais um elemento de racionalização de nossas atividades econômicas, sociais e culturais.

Exemplos de cases de empresas sustentáveis

Segundo pesquisa do Sistema FIEP, 87% dos consumidores brasileiros preferem comprar de empresas sustentáveis. Tendo isso em vista, muitos negócios preferiram adotar uma postura ecologicamente correta. Veja alguns casos:

  • Unilever

A Unilever é uma multinacional anglo-holandesa que tem uma atuação bem diversa, possuindo diversos grupos e marcas.

Se tratando de sustentabilidade ela é uma das líderes mundiais. Seu plano de atuação tem três frentes: saúde e bem-estar, meio ambiente e melhores condições de vida e trabalho.

Em relação às ações cujo foco é a preservação ambiental, a Unilever se comprometeu em reduzir a emissão de gases-estufa, realizar melhor manejo de recursos hídricos, tratamento correto de resíduos e investir em recursos agrícolas sustentáveis.

  • Nestlé

A Nestlé é conhecida pelas suas ações socioambientais. Como prova disso, ela coleciona diversos selos de empresa sustentável. Para alcançar esse status, ela usa fontes renováveis de energia e conseguiu o feito de reduzir sua emissão de carbono consideravelmente.

Além disso, a empresa também implementou uma política de reaproveitamento dos resíduos gerados nas fábricas, de modo a reduzir a geração de lixo.

  • Ekofootprint

A Ekofootprint é uma gráfica brasileira, mais precisamente de Minas Gerais, que se preocupa com a geração de papel e com os impactos que isso pode trazer para o meio ambiente. Pensando nisso, essa gráfica utiliza papéis produzidos a partir do bagaço de cana, e as máquinas imprimem o papel com cera.

Para se ter uma ideia, a economia é tamanha que uma impressora normal utiliza 12 cartuchos de tinta para imprimir 35 mil folhas. Já a impressora a cera utiliza apenas 4 cartuchos e imprime 50 mil folhas. O resultado dessa ação é menos poluição, economia de energia e a produção de um papel mais sustentável!