Todo gestor sabe como é difícil manter um controle pontual das finanças de uma empresa. Principalmente quando você atua em um mercado sujeito a tantas variações como é o caso do mercado brasileiro.

Vamos ver algumas dicas de como otimizar as finanças da sua empresa para garantir estabilidade e economia. Seguir essas dicas pode ajudar a fazer sua empresa crescer e ganhar saúde financeira com apenas algumas ações bem práticas.

Planejamento de gastos

Faça um bom planejamento de gastos. Se você planejar os gastos operacionais com antecedência você pode reduzir os gastos do empreendimento consideravelmente. Esse tipo de solução está relacionada com o comportamento de compra da empresa.

Existem nas empresas alguns gastos que são considerados fixos, e outros gastos que são considerados variáveis. Você pode otimizar as finanças da sua empresa por programar e planejar os gastos variáveis com base nos gastos fixos.

O ideal é que você consiga reduzir os gastos não programados para evitar desequilíbrios nas finanças da empresa. Você pode fazer isso da seguinte forma:

  1. Planeje o teto de gastos do seu empreendimento;
  2. Calcule o valor de seus gastos fixos;
  3. Avalie quanto dos seus gastos fixos comprometem do valor que você estabeleceu;
  4. O valor remanescente deve ser utilizado para gastos eventuais;
  5. Se possível evite gastar o valor remanescente. 

Construção de uma reserva de emergência

Depois de planejar os gastos da sua empresa você deve avaliar a possibilidade de construir uma reserva de emergência para seu empreendimento. Uma reserva de emergência pode facilitar o controle das finanças de sua empresa.

Alguns custos operacionais não podem ser desconsiderados independente da variação na renda do empreendimento, como é o caso das verbas salariais. 

É importante ter uma reserva de emergência que te permita pagar pontualmente os salários independentemente de imprevistos.

Sempre que possível você pode reforçar a reserva de emergência da sua empresa, adicionando o dinheiro que não foi poupado por alguma eventualidade. Você pode tentar reservar o lucro de meses de bom rendimento para os meses mais fracos.

Auditoria periódica das contas

Para ter certeza de que as suas estratégias estão funcionando, e que você não está esgotando os recursos da empresa de forma irresponsável, ou com algum gasto supérfluo, é importante fazer uma auditoria das contas na sua empresa.

Uma auditoria vai te ajudar a entender onde cada recurso do empreendimento foi empregado. Essa informação pode te ajudar a entender e descobrir se você está tendo algum tipo de gasto desnecessário.

Ter essa informação pode contribuir para seu planejamento de gastos e para a otimização das finanças na sua empresa.

Pagamento pontual ou antecipado

Uma ação que pode te ajudar a otimizar as finanças da sua empresa, é realizar o pagamento de credores e fornecedores de forma pontual ou antecipada. 

Em alguns casos, como em contratos fiduciários, o pagamento antecipado pode resultar em uma redução no valor da dívida. Você pode avaliar a possibilidade de realizar pagamentos antecipados.

No que se trata da pontualidade dos pagamentos, é importante destacar que essa pontualidade não é opcional. Você deve se certificar de pagar as dívidas de forma pontual, essa é a melhor maneira de se certificar de que você otimizou as finanças da empresa

Inventário atualizado

Mantenha um inventário atualizado. Um inventário atualizado, e um bom controle de estoque podem te ajudar a otimizar e controlar bem as finanças da sua empresa.

Essa ação faz com que você saiba exatamente quais são os gastos que você vai ter com a reposição de material e estoque. Além disso, essas informações podem te ajudar a decidir, qual o melhor momento de renovar seu estoque, ou realizar a reposição.

Isso te ajuda a evitar as compras emergenciais, que ocorrem quando você precisa do material e tem pouco tempo para se programar.

Pesquisa de preços

Para finalizar, lembre-se de realizar uma pesquisa de preços frequente. Nada no mercado é estável. É muito comum os empresários realizarem uma pesquisa de preço e não avaliarem as mudanças no mercado.

Alguns fornecedores que possuíam o melhor preço podem ser superados por outros concorrentes no mercado. Sabendo disso, antes de renovar seu estoque avalie os preços de cada fornecedor para se certificar que eles ainda são a melhor opção.

Esses são passos simples, mas que podem te ajudar a otimizar as finanças da sua empresa. Se gostou deste artigo, compartilhe com outros!