Infelizmente se você está lendo este artigo pode ser que as coisas não estejam tão boas com alguém de sua família… Mas talvez a melhor solução para esse problema realmente seja internar o dependente químico até que ele melhore e possa voltar para seu lar limpo e sem vícios! 

Hoje, vamos ajudar você a tomar a decisão certa! Como saber se uma clínica é o ideal para um dependente químico e como encontrar uma boa clínica? Neste artigo veremos sobre isso e muito mais, tudo na intenção de te ajudar a tomar a melhor decisão!

Hoje veremos sobre os seguintes tópicos:

  • Como identificar um dependente químico
  • Como lidar com um dependente químico
  • Como internar um dependente químico

Como identificar um dependente químico

Identificar um dependente químico na família não é tão difícil se os familiares estiverem atentos aos sinais.

O dependente muda sua rotina drasticamente em função da droga, passando a ficar dias fora de casa e aparecendo somente para pedir dinheiro ou comer, passa a não ligar para a sua própria higiene pessoal e nem para sua aparência ou como vai aparecer em público.

Os sinais que um familiar pode ser um dependente químico são os seguintes:

  • Mudanças de amizades

O dependente químico passa a andar com outros dependentes químicos, pois assim é mais fácil encontrar a droga para usar, deixando de lado suas antigas amizades que provavelmente eram saudáveis.

  • Mudanças de comportamento

Dependentes químicos tendem a depender da droga não somente pelo vício que o uso causa no organismo, mas também pelo fato da droga trazer uma felicidade momentânea.

A maioria dos dependentes químicos já são depressivos ou acabam ficando depressivos pelo uso das drogas. Mas quando encontram-se dopados, sentem que a tristeza não existe, pelo menos naquele momento.

Por isso é comum ver dependentes químicos dopados pela droga durante todo o dia e quando estão sóbrios ficam inquietos e querem mais.

Os dependentes químicos também se frustram por não alcançar aquilo que desejam para sua vida. Talvez a realização de um sonho ou um objetivo imposto, mas o mesmo não reconhece que o uso dos entorpecentes atrapalha sua vida

  • Mudanças de humor 

As drogas tem o poder de mudar o humor dos usuários durante os dias, inclusive em dias que o usuários não fizerem seu uso.

Como lidar com um dependente químico

Lidar com um dependente químico não é nada fácil, é muito difícil por sinal. O certo a ser feito quando descobrir um familiar envolvido com drogas é chamá-lo para uma conversa, antes de iniciar essa conversa, mantenha-se calmo e respire fundo, pois será difícil já que o usuário irá te contar muitas mentiras.

Para estabelecer um bom diálogo com o usuário é muito importante que você ouça o que ele tem a dizer, suas mágoas, motivos para estar em tal situação, suas angústias e problemas pessoais. Esteja ali para ouvi-lo, mas somente se ele sentir-se confortável, não o obrigue a falar caso ele não se sinta confortável com a conversa. 

Não o julgue, pode parecer que não, mas no fundo ele se envergonha de seus atos e muitas vezes não aceita, portanto, julgá-lo não vai adiantar em nada e tende a piorar as coisas. 

Mostre apoio para o dependente químico. Deixe claro que ele não está sozinho e que sempre terá alguém que ele possa contar seja o que der vier. Independente se for internado ou não em uma clínica, você sempre estará ali por ele.

Como internar um dependente químico e Como saber se uma clínica é o ideal para um dependente químico 

Existem 3 tipos de internação para dependentes químicos:

  • A internação compulsória
  • A internação involuntária
  • A internação voluntária

O momento em que a internação se torna o ideal para o usuário de drogas, é quando ele começa a apresentar riscos a si mesmo ou a sociedade. Nesse caso, a internação involuntária pode ser feita por seus familiares ou a compulsória, por ordem judicial.

A internação involuntária também pode ser requisitada quando a família perceber que somente o apoio e ajuda não estão sendo suficientes para a recuperação do usuário, sendo necessário uma medida mais drástica. 

A clínica reabilitando vidas é uma excelente opção para a internação de dependentes químicos, pois sempre obtém resultados!