Rio de Janeiro – RJ 8/4/2014 – “Qualquer empresa, independente do tamanho, pode e deve beneficiar-se de um sistema de gestão empresarial.”

Ao introduzir um sistema específico para o seu negócio, diversos empresários reconhecem imediatamente os benefícios e ferramentas que podem ajudar a resolver os problemas comuns ou não, dentro da sua empresa. Segundo Luiz Felipe Moraes, da paulistana Softland Sistemas, a abertura de informações, em processos de negócios, para todos os departamentos dentro da organização é um benefício inestimável: “Uma pessoa de vendas pode usar o software para ver detalhes do cliente, tais como informações de contato ou encomendas anteriores. Durante este processo, eles terão as informações para saber se o cliente está em dia nos pagamentos, evitando problemas e falhas na comunicação com os departamentos de contabilidade”, ressalta o empresário.

De acordo com outros usuários de sistemas de gestão, o próprio vendedor é capaz de gerar faturas para os clientes, tornando-as imediatamente disponível para os departamentos de contas a receber. As operações poderão também ser capazes de executar relatórios para controlar o inventário e também disponibilizar essa informação para as vendas ao fazer pedidos. Muitas vezes, o sistema terá módulos totalmente integrados que permitem a geração de contabilidade tempo exato e real dos relatórios financeiros, a partir de balanços a declarações de renda. Alguns módulos de recursos vão tão longe, que disponibilizam dados como: folha de pagamento, processamento de cheques e contas a pagar (tudo para impressão).

Felipe Moraes, diz que qualquer empresa, independente do tamanho, pode e deve beneficiar-se de um sistema de gestão empresarial.
“O desenvolvimento de tais sistemas tem vindo a fornecer tantos benefícios para as empresas, que poucos conseguem operar sem essa tecnologia imprescindível nos dias de hoje, pois ignorar sua existência seria simplesmente deixar a empresa em desvantagem significativa para todas as outras e grupos que utilizam um sistema de gestão empresarial” afirmou.