Corinthians: Timão vence o Bahia diante de sua torcida e entra no G4

Diante da sua fiel torcida, Corinthians vence Bahia de virada

Corinthians vira sobre o Bahia diante de sua torcida
Foto: Ettore Chiereguini/AGIF

Na noite da última terça-feira (05), o Corinthians venceu o Bahia por 3×1 de virada. Este jogo marcou o reencontro do Timão com sua apaixonada torcida.

A vitória do Corinthians o colocou momentaneamente no G4. O time paulista possui 37 pontos e é o quarto colocado da competição. Red Bull Bragantino e Fortaleza podem passar o Timão na tabela dependendo do resultado de seus jogos. O Bragantino recebe o Flamengo em Bragança Paulista-SP, enquanto que o Fortaleza encara o Fluminense no Maracanã.

Corinthians x Bahia: análise do jogo

Motivado por sua torcida, o Corinthians pressionou o Bahia desde os minutos iniciais da partida. Entretanto, num contra ataque da equipe baiana, o árbitro Denis Serafim marcou pênalti para os visitantes após ser chamado pelo VAR e analisar o lance.

Mesmo tomando o gol, o Timão seguiu pressionando o adversário. Já nos acréscimos do primeiro tempo, Lucas Araújo do Bahia, colocou o braço na frente do chute de Giuliano e o juiz assinalou a penalidade. Roger Guedes cobrou e deixou tudo igual. O volante Lucas foi expulso, pois já havia recebido cartão amarelo minutos antes.

Na etapa complementar, o Corinthians continuou pressionando o Bahia, que estava com um jogador a menos. Aos 06 minutos, Cantillo marca após lançamento de Fagner.

O atacante Jô que havia entrado no intervalo no lugar de Willian, marcou o terceiro gol em um rebote do chute de Gabriel Pereira. Jô se isolou como maior artilheiro da Neo Química Arena com 28 gols.

O Bahia segue na zona de rebaixamento e pode ser ultrapassado pelo Grêmio, caso o mesmo vença o seu jogo contra o Cuiabá.

FICHA TÉCNICA

Corinthians 3 x 1 Bahia

  • Local: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)
  • Data: 05/10/202
  • Horário: 21h30 (de Brasília)
  • Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL)
  • Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL) e Brigida Cirilo Ferreira (AL)
  • VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)
  • Gols: 1º tempo: Gilberto (Bahia) aos 32’ e Roger Guedes (Corinthians) aos 49’. 2º tempo: Cantillo aos 6’ e Jô aos 23’, ambos do Corinthians.