COVID 19 e sua influência no uso dos plásticos

COVID 19
COVID 19 / foto: pexels

Ano após ano, milhões de toneladas de plástico afetam a vida marinha, o turismo e a economia. A poluição nos oceanos tem sérias consequências para o bem-estar das pessoas e de seus sustentos.

O plástico é um polímero derivado de uma fração do petróleo ou de fontes renováveis (milho, mandioca, cana-de-açúcar, beterraba).O mesmo é dividido de acordo com o arranjo de sua cadeia de moléculas, sendo assim, tem-se os termoplásticos (plásticos recicláveis), como: PET ou PETE (Tereftalato de polietileno, PEAD (Polietileno de alta densidade), PVC (Policloreto de Vinila ou cloreto de vinila), PEBD (Polietileno de baixa densidade), PP (Polipropileno), PS (Poliestireno) e os termorrígidos (plástico de difícil reciclagem), como: PU(poliuretano), EVA (acetato-vinilo de etileno), Baquelite, Resina fenólica

A categorização dos plásticos se dá em sete tipos:

  1. PET ou PETE (Tereftalato de polietileno)
  2. PEAD (Polietileno de alta densidade)
  3. PVC (Policloreto de Vinila ou cloreto de vinila)
  4. PEBD (Polietileno de baixa densidade)
  5. PP (Polipropileno)
  6. PS (Poliestireno)
  7. Outros plásticos

Um estudo realizado pela WWF (World Wide Fund for Nature), “Solucionar a Poluição Plástica: Transparência e Responsabilização”, corrobora com a urgência de um acordo global para conter a poluição pelo uso excessivo e descarte incorreto plásticos.

Segundo o estudo, o volume de plástico que vaza para os oceanos todos os anos é de aproximadamente 10 milhões de toneladas, sendo mais de 60 por dia.

Sendo assim, até 2030,o equivalente a 26 mil garrafas de plástico no mar a cada km2 serão encontradas, revela o estudo.

Com a chegada do Novo Corona vírus (COVID-19), a preocupação com a saúde e higiene se torna fundamental em todos os momentos do dia a dia das pessoas e empresas.O vírus atua diretamente nos pontos de: descartabilidade e higiene.

Um relatório divulgado pela BloombergNEF apresentou que a curto prazo, o uso dos plásticos seja intensificado: “As preocupações com a higiene dos alimentos devido ao Novo Coronavírus podem aumentar o uso de embalagens plásticas, desfazendo parte do progresso já alcançado de algumas empresas”. Os pesquisadores identificaram maiores picos na demanda por máscaras e filme usado em embalagens plásticas.

É muito complicado banir esse tipo de material completamente do nosso dia a dia, mas devemos evitá-los – principalmente aqueles cuja de difícil reciclagem, e consumir no lugar destes produtos de vidro ou alumínio, sendo importante lembrar o não compartilhamento destes por conta da transmissão do vírus.