Belo Horizonte, MG 11/6/2020 – É uma mistura de face shield (protetor facial) com avental ou macacão impermeável

Equipamento permite que os profissionais de odontologia isolem a área de trabalho; cerca de 500 dispositivos estão sendo montados para distribuição

A pandemia do novo coronavírus e a necessidade de mais segurança sanitária alteraram a rotina em muitos negócios. Nos consultórios odontológicos, o desafio é grande, uma vez que a exposição dos materiais biológicos é maior e a disseminação de contágio da Covid-19 se dá principalmente pela alta carga viral presente nas vias aéreas superiores e na saliva.

Seguindo as inúmeras recomendações dos conselhos federal e regional de odontologia e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o dentista mineiro Luís Gustavo de Medeiros Veiga buscou ir além das possibilidades de atuação. Ele transformou sua clínica, localizada no bairro Mangabeiras, na zona sul de Belo Horizonte, em uma pequena fábrica e desenvolveu um dispositivo para auxiliar a manter profissionais da odontologia e pacientes muito mais seguros.

Dezenas de protótipos foram desenvolvidos até chegar à versão final, mais segura e prática para a realização do trabalho. O Prevent Chamber (câmara de prevenção, em livre tradução) é um equipamento que isola a cabeça do paciente de maneira confortável e prática, de modo que o dentista possa ter boa visualização e fazer todos os procedimentos dentários acessando aquele ambiente de trabalho confinado. “É uma mistura de face shield (protetor facial) com avental ou macacão impermeável. A diferença é que, ao invés de colocar o dispositivo no profissional, coloca-se no paciente, impedindo na fonte qualquer contaminação do ambiente”, destaca Luís Gustavo. Depois do uso, o material é descartado.

Essa solução biossanitária para consultórios odontológicos e médicos conta ainda com outras duas invenções do dentista: um sistema integrado de exaustão e filtragem através de filtro com renovação do ar interno da câmara e um par de “mangas de avental” avulso a ser descartado juntamente com as luvas. Luís Gustavo destaca que seu sistema de exaustão remove o ar potencialmente contaminado da câmara e utiliza um filtro absoluto Hepa (High Efficiency Particulate Arrestance), que retém todos os microrganismos, incluindo os vírus, e impede que sejam expelidos na atmosfera.

Satisfeito com suas invenções, o dentista mineiro revela que o sucesso da sua ideia entre pacientes e colegas de profissão o fez alçar voos maiores. Ele registrou as patentes no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) e está em fase de registrar as criações nos Estados Unidos e China.

Ele já possui 500 unidades montadas disponíveis para distribuição e afirma que “isso é só o começo”. Recentemente, um grupo de engenheiros da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg) se incorporou ao projeto e a entidade está criando condições para produzir o Prevent Chamber em escala industrial. A Fiemg trabalha também para que a Anvisa inclua o dispositivo odontológico no rol de produtos essenciais.

O Prevent Chamber foi desenvolvido e produzido no contexto de pandemia de Covid-19. Para o criador do equipamento, o dentista Luís Gustavo de Medeiros Veiga, o dispositivo promove significativa redução da contaminação ambiental por meio da contenção, em seu interior, de gases, secreções e aerossóis advindos do paciente e dos instrumentos de trabalho dos profissionais.

Segundo ele, ao investir no equipamento, o dentista pode estabelecer um protocolo de segurança ambiental muito mais eficiente em relação aos meios tradicionais e com uma relação de custo-benefício muito satisfatória. “Conforme as recomendações do Conselho Federal de Odontologia (CFO), que considera as medidas tradicionais de biossegurança, o dentista precisa descartar e substituir máscara, gorro, campo com janela e avental após cada atendimento”, explica. Com o Prevent Chamber, que confina os aerossóis dentro da câmara, a necessidade de substituição, a cada atendimento, dos diversos outros meios de proteção será bastante reduzida, gerando economia ao profissional e à clínica odontológica.

Website: http://www.preventchamber.com.br