Pesquisas apontam que para muitas pessoas é mais difícil parar de usar cigarro do que abandonar o vício da cocaína. O cigarro causa dependência física, mental e social.

Além disso, fumar causa muitos problemas à saúde de quem fuma e das pessoas ao seu redor, pois a fumaça do cigarro pode causar mais prejuízos para os fumantes passivos do que para os fumantes ativos.

Se você está aqui é porque provavelmente está pensando em parar de fumar. Mas isso pode ser bem difícil de fazer, dada a dependência que a nicotina presente no cigarro causa.

Existem muitas clínicas de reabilitação para ajudar pessoas a largar o cigarro. Mas talvez você não queira ir para uma dessas clínicas.

Esse tipo de clínica pode ser de grande ajuda para quem deseja parar de fumar, mas muitas vezes quem sofre com o vício tem medo, ou não pode se afastar dos familiares a fim de ficar internado em uma dessas clínicas.

Pode ser também que por conta de suas responsabilidades com o trabalho te impeça de buscar a internação como solução para o seu vício.

Diante disso, neste artigo iremos abordar algumas dicas que podem te ajudar a parar de fumar sem precisar ir para uma clínica de reabilitação.

Mas antes de saber como você pode parar de fumar, vamos te apresentar alguns riscos que o cigarro pode causar, pois isso pode te motivar  a parar de fumar.

Conheça os riscos do tabagismo

É provável que você já conheça os prejuízos que o uso do cigarro pode te proporcionar. Afinal, é obrigatório em nosso país que os fabricantes de cigarro apresentem esses riscos na embalagem do produto.

O cigarro pode causar muitas doenças, tanto para quem fuma, como também para as pessoas ao redor do fumante.

O tabaco, a substância mais presente no cigarro, pode causar câncer em várias partes do corpo, problemas sexuais tanto para homens, como também para as mulheres. Além disso, se uma gestante faz uso do cigarro, o bebe pode nascer com problemas respiratórios e má formação de partes do corpo.

Esses são só alguns problemas que o cigarro pode causar. Pensar nesses riscos pode te ajudar a se sentir motivado a largar o cigarro.

Identifique seus gatilhos e como vencê-los

Dirigir, tomar um café ou uma bebida, comemorar e terminar uma refeição são apenas alguns dos gatilhos comuns do fumo, ou seja,  pessoas, lugares ou coisas que fazem você querer usar o cigarro.

Como os gatilhos do fumo podem tornar o hábito de fumar especialmente difícil,   é fundamental identificar seus gatilhos e aprender a lidar com eles antes de parar de fumar. Na verdade, é uma das primeiras  etapas para fazer um plano para parar de fumar com sucesso.

Fume um último cigarro

Para parar de fumar com mais facilidade, faça um voto a si mesmo. Na verdade, não há nada a desistir – você está se livrando de algo. Acenda seu último cigarro e faça uma promessa solene de que, independentemente dos altos ou baixos que possam acontecer com você no futuro, você nunca mais fumará outro cigarro ou tomará nicotina sob qualquer forma.

Esta é uma das decisões mais importantes que você fará, porque a duração e a qualidade de sua vida futura dependem criticamente disso. Além do mais, você sabe que é a decisão correta mesmo ao tomá-la. Tendo feito o que você sabe ser a decisão correta, nunca comece a questionar ou duvidar dessa decisão.

Livre-se dos seus cigarros

Você já é um não fumante no momento em que apaga seu último cigarro. Não guarde cigarros com você ou em qualquer outro lugar, em caso de emergência. Se você fizer isso, significa que está duvidando de sua decisão.

Os não fumantes não precisam de cigarros. Você já é um não fumante no momento em que apaga seu último cigarro.

Comemore com frequência

Sobreviveu a um feriado ou fim de semana estressante sem fumar? Parabenize-se. Os especialistas dizem que reconhecer e comemorar as conquistas quando você está parando de fumar pode aumentar a resistência ao estresse e aos desejos. Mesmo sobreviver às primeiras 24 horas sem fumar é uma grande conquista. 

É bom lembrar que caso você não consiga fazer isso sozinho, não tenha vergonha de pedir ajuda.