São Paulo 29/4/2020 –

Tatiane Matsuo, arquiteta e especialista em Feng Shui, dá dicas de como trazer a energia da prosperidade para o ambiente familiar e para o novo espaço que foi necessário criar para a realização dos trabalhos

Em tempos em que as pessoas tiveram de mudar hábitos e viver mais em casa, dividindo a vida pessoal com a profissional, fazendo o chamado home office, nem sempre é pensado nas energias do ambiente. Manter uma rotina, uma disciplina e focar no tempo e nos resultados são ações importantes, mas também é necessário trazer a energia da prosperidade para o ambiente.

Tatiane Matsuo, arquiteta e especialista em Feng Shui (ciência e arte chinesas, de origem filosófica taoista, que têm por objetivo organizar os espaços com o fim de atrair influências energéticas benéficas da Natureza), dá dicas de como trazer a energia da prosperidade tanto para o ambiente familiar quanto para o novo espaço que foi necessário criar para a realização dos trabalhos.

Para melhorar a energia, uma das primeiras ações é arrumar o local de trabalho. “Ter um ambiente bagunçado, com acúmulo, por exemplo, de papel, deixa o ambiente carregado de energia estagnada, sem falar que confunde o cérebro, perdemos a concentração e a produtividade”, comenta a especialista.

Outra situação é em relação à mesa. “A pessoa precisa sentar com as costas para uma parede, assim fica mais amparada, e ter visão da porta de entrada para ter mais segurança. Desta forma, pelo Feng Shui, trata-se de uma posição de comando e a pessoa passa a trabalhar com mais qualidade”, comenta a especialista. Na mesa, Tatiane indica colocar algumas pedras, como o olho de tigre ou a pirita, ou o uso de objetos dourados, como tachinhas ou clipes dourados. “A cor dourada representa a prosperidade e atrai dinheiro.”

Colocar uma fonte de água na mesa, no canto esquerdo superior, ou introduzir uma planta, como a “Money Tree” (pachira aquatica) ou o “dólar” (plectranthus nummularius), também são maneiras de trazer a energia da prosperidade. “Sem dizer que embeleza o ambiente”, lembra a arquiteta.

A seguir, dicas da especialista para usar os 5 elementos do Feng Shui no espaço que foi reservado para o trabalho:

– água: uso de uma fonte de água ou bambu da sorte (dracena sanderiana) em água
– madeira: o próprio mobiliário em madeira já ajuda, mas também pode ter caixinhas de madeira na mesa
– metal: o computador já é um elemento de metal, mas para melhorar o ambiente pode ter um porta lápis de metal, um quadro para recados ou um porta treco
– fogo: velas decorativas aromatizadas ou algum objeto na cor vermelha
– terra: plantas ajudam nessa parte ou objetos de cerâmica

Em tempos de home office, a especialista lembra ainda que vale a pena ter um lugar dedicado para a realização do trabalho e como a pessoa está em casa esse lugar não será o quatro. “Não recomendo desenvolver o seu trabalho em um dormitório, a não ser que este seja totalmente dedicado a um escritório. Dormitório é local sagrado, faz parte da energia familiar”, ressalta Tatiane. O mesmo acontece para a mesa da sala. “Não ocupe todo o espaço da mesa.” A especialista indica, por exemplo, adaptar uma área de serviço ou a varanda.

Website: http://www..niwarq.com.br