Um novo mundo surge quando se trata da chegada do primeiro filho, e para pais de primeira viagem tudo é novidade, são nove meses de espera para poder ver o rostinho do futuro herdeiro.  Estar preparado para a chegada do bebê pode ser uma tarefa complicada, muitas dúvidas surgem, medos e até mesmo algumas superstições.

Muitos relatam ser uma experiência única, desde o nascimento até os anos seguintes do bebê, tendo vidas e comportamentos mudados, pensando nisso daremos dicas para pais de primeira viagem e seus desafios. Antes de tudo, tenha tudo que irá precisar arrumado, afinal não sabemos a hora que o bebê irá nascer, então tenha o kit bolsa maternidade em ordem, com as fraldas, roupas e lenços.

Certifique que pegou todos os itens antes de chegar na maternidade, para ter uma chegada mais tranquila e menos corrida. Agora vejas as dicas que preparamos:

  • Os bebês são frágeis e delicados, e isso se diz a seus órgãos também, que ainda estão em fase de adaptações. Seu estômago ainda é muito pequeno, então na hora da amamentação tenha cuidado com a quantidade, segundo os pediatras a quantidade de leite é conforme a demanda do bebê. Em alguns casos o bebê não fará a pega no bico do seio, ou até mesmo rejeitar, uma solução é inserir a mamadeira para a alimentação. Após a amamentação é extremamente importante que coloque o bebê para arrotar, colocando-o de bruços e dando pequenas palmadas nas suas costas.
  • Prestar atenção ao peso do bebê é outra preocupação, atente-se se ele está ganhando peso, isso mostra se sua alimentação está adequada, se apresenta algum problema de desenvolvimento. Os primeiros cinco meses são primordiais para essa análise, onde com o passar do tempo é possível ver o seu ganho de peso bem como seu crescimento.
  • Como dito, bebês são muito frágeis, portanto, na hora de pegar no colo ou colocá-lo para dormir tenha o máximo de cuidado. Coloque uma mão atrás da cabeça para dar sustento, depois envolva o corpo do bebê nos braços, com bastante delicadeza e firmeza.
  • Verifique sempre a fralda do bebê, sua pele é muito sensível e não pode ficar em contato com o coco e xixi por muito tempo, mesmo as marcas prometendo a absorção. Siga a orientação certa, pois o calor não é recomendado e assim evita possíveis irritações no bebê. E quando for trocar a fralda  limpe e seque bem a pele do bebê, retirando toda a sujeira.
  • Para papais de gêmeos é normal que correm mais que o normal, por isso, coloque cada um em um seio para alimentar, alternando as vezes, isso poupará tempo para a mamãe, e conforme um tenha se satisfeito já pode por para arrotar enquanto o outro ainda mama.
  • Na hora do banho é importante usar sabão neutro e água morna para evitar irritações e queimaduras na pele, sendo proibido o uso de talcos, perfumes mais fortes, pois ainda é muito cedo para  bebês respirarem tais fragrâncias. Caso surja um medo da água use brinquedos para deixar os bebês mais à vontade.
  • A temperatura dos bebês é diferente da nossa, ele sente mais frio ou mais calor, então certifique-se de agasalha-lo antes de sair de casa para as consultas ou voltinhas no parque. Mas cuidado para não por muita roupa, devem se sentir frescos.
  • Outra dica para pais de primeira viagem é as unhas dos bebês que crescem muito rápido, evite cortá-las quando eles estiverem acordados, pois será uma tarefa um pouco difícil já que eles não param de se movimentar, então prefira cortar as unhas quando eles dormem, com tesouras específicas para isso, sempre com muita atenção e delicadeza.
  • Os bebês estão sempre chorando, isso é fato, portanto ter paciência e não entrar em pânico é fundamental, já que eles são frágeis e precisam de cuidados e atenção. São muitos os fatores para o choro  da criança, como cólicas a principal, e o fato de ter saído do ventre da mãe contribui para os medos e incertezas. Apenas tenha calma que é uma fase de adaptação e que logo passará.
  • As visitas ao recém nascido é inevitável, todos querem ver o novo membro da família, mas tenha cautela como são muito frágeis estão suscetíveis a pegar doenças trazidas de fora. Promova horários para que visitas ocorram, pelo menos nos primeiros meses de vida do bebê.

Gostou das dicas para pais de primeira viagem? Então não deixe de compartilhar com os outros e deixar seu comentário! Para mais dúvidas consulte sempre o médico pediatra.