EAU desenvolve tecnologia laser para exame rápido de coronavírus

ABU DHABI, Emirados Árabes Unidos 21/5/2020 –

A tecnologia de feixe de laser identifica o vírus assim que as células sanguíneas são infectadasUma câmera detecta alterações morfológicas nas células sanguíneasOs exames e resultados imediatos podem ser fornecidos em locais públicosO lançamento dessa tecnologia reforça a posição dos EAU como centro de pesquisas, inovação e tecnologia

O laboratório de imagens QuantLase Imaging Lab — divisão de pesquisas médicas da International Holdings Company (IHC), empresa negociada na bolsa de valores de Abu Dhabi — anunciou que desenvolveu um inovador equipamento que permite exames massivos muito mais rápidos que disponibilizam os resultados em segundos e permitem testes em uma escala mais ampla. Essa inovação possibilitará exames em escala massiva que alterarão a dimensão completa do rastreamento da pandemia.

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20200520005927/pt/

Left to right: Executive team working on the project Aryam Ahmed and Latifa Alseiari, Project director of lab Abdulla Rashidi, IHC board member Nader Al Hamadi, Lead Doctor Dr. Pramod Kumar and Dr. Mohammad Firoz Khan (Photo: AETOSWire)

Left to right: Executive team working on the project Aryam Ahmed and Latifa Alseiari, Project director of lab Abdulla Rashidi, IHC board member Nader Al Hamadi, Lead Doctor Dr. Pramod Kumar and Dr. Mohammad Firoz Khan (Photo: AETOSWire)

AbdulRahman bin Mohammed Al Owais, ministro de Saúde e Prevenção do país, expressou sua esperança com relaçãoàdescoberta: “Estamos sempre acompanhando inovações relacionadas com a detecção rápida e precoce da covid-19. O governo está empenhado em apoiar iniciativas que ajudem o sistema de saúde dos EAU. Autoridades de saúde vêm monitorando de perto o progresso de estudos com o QuantLase para testar esse equipamento. Temos muito orgulho de ver uma tecnologia que funciona e ajudará a proteger ainda mais nosso povo”.

“Utilizando um detector CMOS, o equipamento possibilitará exames em escala massiva com resultados disponíveis em questão de segundos”, declarou o Dr. Pramod Kumar, chefe da equipe de pesquisadores do laboratório que estuda as alterações na estrutura celular do sangue infectado pelo coronavírus.

“Na verdade, nossa técnica de interferometria de fase refrativa (Diffractive Phase Interferometry, DPI), baseada em modulação de fase óptica, é capaz de apresentar uma característica de infecção em poucos segundos. Além disso, ela é intuitiva, não invasiva e de baixo custo. Acreditamos que esse será um divisor de águas no combateàdisseminação do coronavírus.”

Ao explicar o papel fundamental da inteligência artificial (IA) no sistema de diagnóstico, o Dr. Kumar comentou que um modelo de análise de imagens por IA avançada prevê o resultado de cada imagem com precisão, velocidade e escala. Isso é especialmente importante em programas de exames de larga escala, em que uma enorme quantidade de imagens precisa ser analisada com precisão e eficiência. O laboratório está trabalhando com a G42, importante empresa de computação em nuvem, para aprimorar ainda mais o programa de laser.

*Fonte: AETOSWire

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contato:

Para consultas da mídia internacional

Hend Al Otaiba

C19media@mofaic.gov.ae

Fonte: BUSINESS WIRE