Minas Gerais 2/6/2020 – A cultura no Brasil sempre foi assombrada pela excessão, e os efeitos da pandemia escancararam as fragilidades das políticas de incentivo e de proteção.

Repensar os caminhos para driblar os efeitos da Covid-19. Produtores culturais lançam plataforma de cursos online para os profissionais, estudantes e iniciantes na área.

O Brasileiro tem consumido a cultura outra maneira, e foi pensando nesse sentido que um grupo de pesquisadores e produtores culturais está produzindo e difundindo conteúdo através de uma plataforma de cursos e com formas de tornar o isolamento social mais produtivo e possibilitar as pessoas que vivem da cultura a passar pela crise.

Uma equipe de empreendedores culturais de Minas Gerias, liderada pelo historiador André Colombo e que conta com dezenas de outros pesquisadores, especialistas, mestres e doutores, perceberam que poderiam compartilhar os conhecimentos acumulados de suas experiências acadêmicas e práticas e fazer com que as pessoas que vivem e trabalham no meio artístico-cultural possam buscar novas formas de produzir dentro de casa. “Hoje, temos visto muitas tentativas e iniciativas de sobrevivência. Venda de objetos e acervos pessoais, tentativas de criação de produtos e produções on-line. A criação de espetáculos e até de exposições e eventos inteiros virtuais.”, explica o pesquisador André Vieira Colombo que atua na gestão e pesquisa de patrimônio cultural.

Foi pensando nisso que criaram o Programa de Capacitações da Sustentare Assessoria, uma plataforma de cursos online focados nas áreas de cultura, patrimônio cultural e gestões integradas nessas áreas. O projeto possibilita ferramentas aos profissionais, estudantes e iniciantes interessados nas áreas afins, para se aperfeiçoarem nas áreas de proteção, promoção, preservação e difusão do patrimônio cultural. O acesso a plataforma é gratuito e o público pode escolher os cursos disponíveis e caso houver um maior interesse, o ambiente virtual proporciona cursos básicos de até 12 horas e especiais com até 60 horas de conteúdo a preços populares.

O pesquisador André Colombo acredita que parte da sociedade sairá transformada dessa pandemia: “Certamente teremos aprendido algo. Repensar caminhos para os processos culturais e educacionais é inevitável. Fomos pegos de surpresa e não sairemos da mesma forma que entramos nessa pandemia. Estamos trabalhando inclusive com projetos adequados a contribuir com a retomada, da área do turismo, por exemplo, para o período pós retomada.”, completa o especialista.

Para a antropóloga Roberta Salgueiro, uma das professoras que integram a equipe do programa, “A cultura no Brasil sempre foi assombrada pela exceção, e os efeitos da pandemia escancararam as fragilidades das políticas de incentivo e de proteção às manifestações e produções culturais: Todo o circuito da cultura foi afetado pela pandemia, o futuro da produção de cultura no Brasil, cultura com representatividade e pluralidade, depende da construção de políticas estruturantes e da conscientização da população de que são partícipes da cultura, como produtores, consumidores e agentes de uma importante rede produtiva”, explica a antropóloga. 

 

Para utilizar a plataforma, acesse o endereço eletrônico http://cursos.sustentareassessoria.com.br/login/index.php.

Acesse as redes para mais informações:

Facebook: https://www.facebook.com/sustentareassessoria/

Instagram: https://www.instagram.com/sustentareassessoria/

Site Oficial: http://www.sustentareassessoria.com.br/

Website: http://cursos.sustentareassessoria.com.br/login/index.php