Empresa completa 18 anos de atuação e divulga seu primeiro relatório de sustentabilidade

A essência dos negócios do Grupo Comerc – que, após 18 anos de sua fundação, se consolida como a maior e mais completa prestadora de serviços relacionados ao mercado de energia no Brasil – está totalmente alinhada a uma estratégia climática relacionada ao uso consciente dos recursos naturais e a redução nas emissões de gases de efeito estufa (GEE). Para se manter como uma das líderes de mercado, a empresa tem adotado estratégias inovadoras, como a adoção do conceito 3Ds – descarbonização, digitalização e descentralização, considerados vetores de transformação do setor energético brasileiro.

No quesito descarbonização, mais do que um discurso focado na redução da pegada de carbono, a Comerc tem investido recursos humanos e financeiros em iniciativas que se mostraram tendências no mercado: uso de energia renovável (foco em solar, eólica e baterias); eficiência energética (redução do desperdício); emissão de certificados (metas corporativas de redução de carbono); e abertura do mercado de gás (com geração térmica competitiva e limpa).

Estratégia climática
Estratégia climática

Só em 2019, dos R$ 60 milhões investidos pela empresa, cerca de 25% foi dedicado às empresas de bateria e eficiência energética (ESCO). Os projetos de eficiência energética desenvolvidos no ano totalizaram uma economia de 25,7 mil MWh para os clientes, um crescimento de 306% em relação aos resultados de 2018. “Estamos investindo em soluções de sustentabilidade que vão além do uso de energia renovável, como eficiência energética, que reduz drasticamente o desperdício, e aparelhos inteligentes (IoT) de medição remota, que podem subsidiar estratégias para ajustes e controle do consumo de energia dos clientes”, afirma Cristopher Vlavianos, Fundador e Presidente da Comerc Energia.

Ainda em 2019, a empresa emitiu 1.965 certificados de energia renovável para seus clientes, graças a uma metodologia exclusiva desenvolvida em parceria com a consultoria Sinerconsult. No ano, mais de 636 mil toneladas de CO2eq deixaram de ser emitidas na atmosfera, o que equivale ao reflorestamento de 4,4 milhões de árvores. 

O relatório completo está disponível em: https://www.comerc.com.br/comerc/sustentabilidade/relatorio-anual-sustentabilidade-2019/pt/