São Paulo, SP 13/5/2020 – O evento Avistar, realizado todos os anos em São Paulo, desta vez terá uma edição pela internet, chamada de Avistar Conecta.

Observadores de aves de todo o Brasil irão participar de rodas de bate-papo online, acompanhar apresentações de especialistas do Brasil e do exterior e até observar passarinhos em diversos pontos do país através de câmeras em comedouros. O evento ocorre de 15 a 17 de maio no YouTube e no Facebook do Avistar.

O maior evento de observação de aves do Brasil completa 15 anos. Sempre no mês de maio, gente de todo o país se reúne em torno dos passarinhos. Este ano não será diferente. Mas a conexão das pessoas vai acontecer online – de uma forma divertida e colaborativa. Serão painéis, jogos, apresentações e rodas de bate-papo, com a participação de todos. O evento está sendo construído por um coletivo de observadores e vem cheio de inovações, como novos formatos para participação durante as apresentações online, permitindo que todos sejam protagonistas. Ciência, turismo e conservação são os temas principais na programação, que inclui debatedores do Brasil e do exterior. Alguns painéis foram pensados de modo especial para atrair os iniciantes na observação. O evento ocorre de 15 a 17 de maio.

“Ainda antes da quarentena, tomamos a difícil decisão de adiar o evento presencial e começamos a pensar em alternativas”, diz o organizador do evento, Guto Carvalho. “O objetivo era simplesmente celebrar, pois todos os anos, há 15 anos, sempre em maio, a gente se encontra. Mas o momento que vivemos é grave, por isso todos abraçaram a proposta de um evento online. E descobrimos uma força própria que o Avistar tem para mobilizar as pessoas em torno do tema natureza, estamos construindo tudo de maneira colaborativa”, completa.

O evento terá acesso livre e gratuito, pelos canais do YouTube e do Facebook do Avistar. Em cada canal haverá um moderador dedicado a receber e encaminhar as perguntas, de modo a garantir total interatividade. Os assuntos consideram a necessidade de comunicação e reflexão que o momento traz. Especialmente o turismo e a conservação, que são muito afetados pelo contexto da pandemia. “O evento é orgânico, ele não nos pertence, pertence a um coletivo de pessoas que participam e se movimenta a muito tempo em função desse tema. O que fazemos é simplesmente oferecer um canal para esse fluxo. E o resultado foi surpreendente, a adesão e colaboração foi tanto grande que já avaliamos a possibilidade de multiplicar o modelo em novas edições. Até para dar espaço a enorme demanda por participação que temos recebido nos últimos dias”, diz Guto Carvalho.

Além do caráter inovador por si só, já que será totalmente online, o Avistar também traz novidades ligadas à nova configuração de isolamento distanciamento social. Um bom exemplo é o festival de câmeras em comedouros de aves por todo o Brasil, como explica o organizador: “Esse é um modelo completamente inovador. Convidamos comedouros em todo o Brasil, da Bahia ao Ceará, passando por Manaus, Florianópolis e São Paulo. Todos estão ao vivo em uma sala interativa, onde as pessoas poderão entrar e escolher qual observar”.

Além das salas de bate-papo e das apresentações virtuais, o Avistar Conecta também terá uma mostra de filmes ligados à conservação. Para participar do evento não é preciso se inscrever, basta acessar os canais nas redes sociais. Para saber mais, visite o site do evento: avistarbrasil.com.br.

Informações para a imprensa: José Eduardo Camargo
Tel. (31) 995-393-909
zeedoo @ gmail.com

Website: http://www.avistarbrasil.com.br