The Ocean Day será realizado entre os dias 6 e 8 de junho com palestras de especialistas nacionais e internacionais. Programação será 100% on-line e gratuita.

O período entre os anos de 2021 a 2030 foi instituído pela ONU como a Década dos Oceanos com o objetivo de elevar a consciência das pessoas sobre a extrema importância da conservação e uso sustentável dos oceanos. E foi inspirado neste objetivo que a Route Global, ao lado de parceiros estratégicos, realiza o seminário on-line “The Ocean Day”, entre os dias 6 e 8 de junho, com a participação de especialistas convidados. 

Dentre as diretrizes do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 14 da Agenda 2030 da ONU estão temas como a conservação e uso sustentável dos oceanos, tema motor da Route que em 2019 reuniu mais de 18 mil pessoas para abraçar o Oceano no Rio de Janeiro, no Dia Mundial dos Oceanos. Porém, em decorrência da pandemia da Covid-19 e a necessidade de distanciamento social, o evento Aquele Abraço de 2020 passa a ser virtual e coloca em pauta assuntos que precisam ser abordados e discutidos no presente. “É muito importante para esta nova década que eventos dessa natureza façam as pessoas refletirem e atuarem para a limpeza e preservação dos Oceanos. Ainda mais iniciando esse movimento na cidade do Rio de Janeiro que é uma referência mundial em praia, mar e oceano e onde o Dia Mundial dos Oceanos foi criado, durante a Rio-92”, destaca Simão Felippe, Presidente da Route Brasil. 

Os painéis e palestras do The Ocean Day serão divididos em três blocos: temas de âmbito global, nacional e local, abordando áreas como “Nossa relação com a terra e o impacto nos oceanos”, “Gestão pública para um oceano azul”, “Negócios que estão regenerando nossos oceanos”, “O saneamento é básico”, etc. Já entre os convidados confirmados, destaque para a participação de Celine Cousteau, defensora socioambiental, David Schurmann, diretor de cinema, e Adalberto Marques Bezerra, diretor  técnico  da IS8 (empresa que irá montar e operar as usinas  de desintegração de massa), dentre outros. Para Arthur Cumplido, da empresa Stone House e parceiro na realização do evento, cada um dos temas que serão abordados são essenciais para diminuir o distanciamento da sociedade sobre o conhecimento dos oceanos e suas problemáticas. “Hoje a poluição dos oceanos não afeta apenas o ecossistema marinho, mas também prejudica uma das principais fontes de recursos para a humanidade. Entender sobre o mar, traz uma percepção de pertencimento e cada vez mais o ser humano, como indivíduo, precisa prestar atenção nisto”, destaca.

De acordo com Simão, esta é uma oportunidade única de reunir especialistas do Brasil e do exterior, profissionais e amantes do Oceano para discutir caminhos comuns para a sua preservação. “Com o isolamento social dos últimos meses pudemos ver a real influência dos hábitos da sociedade na poluição dos oceanos e isso destaca ainda mais a necessidade de encontrar medidas para reduzir esse impacto. Por isso, a grande expectativa com o The Ocean Day é reunir todos esses pilares e entender como é possível viver do mar e protegê-lo”, destaca Simão. “Por isso, toda a programação foi pensada com o objetivo de promover a cultura oceânica e fortalecer os compromissos necessários para a implementação do ODS 14”, completa. 

A programação completa e a ordem das palestras serão divulgadas nos próximos dias. O The Ocean Day será transmitido pelo site https://theoceanday.org/ e as atividades ocorrem nos dias 06/06 (sábado) e 07/06 (domingo), das 10h às 21h e no dia 08/06 (segunda-feira), das 10h30 às 22h. “Serão cerca de 30 horas de programação on-line e com foco integral nos Oceanos. Nosso intuito é, de fato, levar toda a energia do “Aquele Abraço” de 2019 para o virtual e deste encontro sair com medidas efetivas para a preservação dos Oceanos”, destaca Renzo Simoni, CEO da Agência Água e responsável pela produção do evento. 

O The Ocean Day é uma realização da Route Global e Agência Água em parceria com a Stone House. Acompanhe a programação e mais informações através das redes sociais @theoceanday2020.

Confira a programação completa **

SÁBADO (06/06)

ABERTURA: Bernardo Egas(Secretário municipal de Meio Ambiente do Rio de Janeiro) e Simão Felippe (Presidente da Route Brasil).

10h às 12h | Painel: Gestão Pública para um Oceano Azul 

com Bernardo Egas (Secretário municipal de Meio Ambiente do Rio de Janeiro),  Thiago de Paula Mesquita (Secretário Titular de Meio Ambiente e Urbanismo-SEMURB de Natal) e João Resch Leal (Secretário Municipal de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência Prefeitura de Salvador).

Mediação: Mariana Caetano.

12h às 13h | Oficina: Stand upet com Gustavo Abrahim

14h40 às 16h10 | Painel:Década do Oceano e ODS comMariana Andrade (Bloom Agência de Mudanças e Embaixadora do Atlântico Sul), João Ermeto (Geógrafo e CEO ASA-Ação Sustentável da Amazônia), Letícia Cotrin (Oceanógrafa e professora da Faculdade de Oceanografia da UERJ)

Mediador: Ariel Kozlowski (economista e  ambientalista).

18h30 às 20h | Painel: Da terra ao mar com Marcos Fernandes (Oceanógrafo e Coordenador do  Laboratório de Ecotoxicologia Marinha da FAO), Vital Filho (Engenheiro Agrônomo e Tecnólogo em Cooperativismo) e Breno de Brito Fontel (Graduado em oceanografia na UERJ, membro do projeto Stand UPET e do coletivo AgroFloresta da Urca (AFU), Tito Carl (Engenheiro ambiental, civil e permacultor fundador da Taboa Engenharia)

Mediador: Arthur Cumplido.

22h às 23h | Música: Show com Theo Bial 

DOMINGO (07/06)

11h30 às 12h – Abertura Com AWR e Glauco Raposo

12h às 13h –  Oficina: Ressignificação de Objetos com Antônio Ton

13h30 às 15h – Painel: Conservação da Vida Marinha com Claudia Kerber (Projeto Terra Viva – Atevi), Alexandro Santos (Projeto Tamar) e  Paulo Rodrigues (Projeto Baleia Jubarte).

Mediação: Amanda Albano Alves.

15h10 às 16h40 – Painel: A leitura dos Oceanos – SurfGuru com Gabriel Gomes Junior (Oceanógrafo e engenheiro fundador do Surfguru), Nicolle Calheiros (Atleta profissional de Bodyboard)  e Douglas Nemes. 

Mediação: Luiz Eduardo Hadad

16h50 às 18h20 – Painel: O Saneamento é Básico com Rodrigo Sabatini (Instituto Lixo Zero) e Adalberto Bezerra (Diretor  técnico  da IS8).

Mediador: Cris Queiroga (Presidente do SOS Lagoas).

18h30 às 20h Painel: Combate Lixo ao Mar com Vitor Leal (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA/Brasil), Paulo Harkot (Oceanógrafo), Alexander Turra (Biólogo e Coordenador da Cátedra UNESCO para Sustentabilidade dos Oceanos (IEA/IOUSP)

Mediação: Patrícia Zimmerman.

22h às 23h |  Música:  Amanda Coronha com participação especial do músico Rege (da Banda Atitute 67)

SEGUNDA (08/06)

10h – Abertura Oficial

10h30 às 12h –  Painel: Brasilidades com Jailma Rafael Santos (Baía de Garapuá), Robson Dias Possidônio (Pescador), Wilson Luiz Carneiro Júnior (Oceanógrafo e morador da Ilha do Mel), Dilson Silvestre (pescador artesanal e sócio da Natura Ecoturismo)

Mediador: Matheus Paiva (Oceanógrafo)

13h às 14h30 – Painel: Blue Vision com  Sebastian Copeland (Fotógrafo e ativista ambiental), Richard e Judith Lang (Artistas plásticos) 

Mediador: Bárbara Veiga (Filmmaker e Ativista Ambiental)

15h às 16h30 – Painel: Águas Vivas com  Mário Moscateli (Biólogo,  mestre em ecologia e embaixador do Instituto Tratta Brasil), Fernanda Cubiaco (Mobilizadora).

Mediador: Vanessa Moutinho

16h40 às 18h10 – Painel: Vida Náutica com Nadia Megonn (Oceanógrafa), Márcia Abreu (Capitão de Corveta da Marinha), David Schurmann (Cineasta, palestrante, explorador e CEO da Voz dos Oceanos).

Mediação: Chris Amanda Horevitch

19h às 20h – Painel: Olhar documental com Ricardo Gomes. Lançado em 2017, o documentário “Baía Urbana” foi apresentado na  1ª Conferência do Oceano, na ONU em NY,  e ganhou vários prêmios de cinema ambiental ao redor do mundo.

20h10 às 21h40 –  Debate sobre o “Aquele Abraço” com Maitê Proença (Atriz e escritora) e  Miucha Abeid (Rio Ecopets).  

Mediador: Simão Felippe22h às 23h | Show Musical 

** Programação sujeita à alteração



Sobre a Route 

A organização Route Brasil, fundada em Florianópolis, em 2011, tem como principal objetivo criar soluções para o impacto que o consumo gera nos ambientes naturais, principalmente nos mares e praias. Desde sua fundação, a organização já realizou mais de 200 mutirões de limpeza de praias e, hoje, conta com bases em Florianópolis, São Paulo, Rio de Janeiro, Fernando de Noronha, Lisboa (Portugal) e San Diego (EUA).

Além de trabalhar com os mutirões, a organização propõe outras soluções, como eventos de arte com material reciclável, programas lixo zero e busca por tecnologias para a indústria de reciclagem.