Fintech mantém cultura de startup mesmo durante quarentena

São Paulo, SP 19/5/2020 –

O pag! criou uma rotina virtual para colaboradores com lives, aulas de ginástica laboral e campeonato de games

Durante anos, empresas de tecnologia usaram escritórios modernos e divertidos para atrair novos talentos. Além de montar um espaço divertido com jogos, lanches, cerveja e vinho, as startups ofereciam massagem e happy hours divertidos.

Mesmo sendo as responsáveis por desenvolver as melhores ferramentas para o trabalho remoto – compartilhamento de documentos via nuvem e calendários, além de  plataformas cada vez melhores para videoconferências, muitas startups de tecnologia eram reticentes sobre migrar toda rotina de trabalho para o home office e sempre investiram em construir uma boa cultura organizaciona . 

Agora, a situação mudou.  Desde o início da pandemia do novo coronavírus, as equipes de colaboradores passaram a trabalhar em casa, fazendo com que muitas empresas e times de recursos humanos se questionem como manter essa cultura corporativa construída ao longo de anos a distância? E mais, como tornar a ideia de voltar ao escritório, após meses trabalhando no conforto de casa, atrativa?

Com os times divididos em escritórios entre Vitória (ES) e São Paulo (SP), os colaboradores da fintech pag! já estavam familiarizados com uma rotina de trabalho distante de alguns colegas e sempre dispuseram das ferramentas necessárias para trabalhar com qualidade e agilidade neste cenário. 

Durante a pandemia, o pag! investiu em iniciativas para manter o sentimento de união das equipes e garantir que a atmosfera de empresa inovadora não se perca no trabalho remoto. A primeira delas foi a de criar uma reunião semanal entre o CEO Felipe Félix e todos os mais de 300 colaboradores.

“Nós valorizamos uma comunicação aberta e honesta entre a diretoria e os times. No ‘Tamo Junto’, discutimos o desempenho do pag! na pandemia, tiramos dúvidas e reduzimos o sentimento de insegurança geral que empresas do mundo inteiro estão vivenciando. Também falamos sobre os próximos projetos. Continuamos olhando para o futuro”, afirmou Félix. 

A comunicação aberta é importante, mas insuficiente para manter viva o que especialistas de recursos humanos chamam de cultura organizacional.

Por isso, o pag! foi além e desenvolveu uma rotina de interações virtuais. Na programação, aulas de ginástica laboral, campeonatos de games e até uma live com a cantora capixaba Gabi Brown. Houve também um incentivo a novos hábitos entre os times. Alguns criaram campeonatos de imagem e ação ou adedonha online, outros terminam as reuniões com músicas. 

“Estamos vivenciando uma transformação em todos os aspectos da vida. Por isso é nosso papel cuidar dos colaboradores e dispor de todos os nossos recursos para garantir a saúde física e mental de quem sempre esteve conosco”, lembrou Felipe Félix, CEO do pag!

O pag! manteve os projetos para 2020, processos de contratação que estavam em andamento e abriu novas vagas. Os interessados podem se inscrever no link https://lnkd.in/dsRRMXy.

Website: http://meupag.com.br