Com a diminuição dos embarques aos dois principais destinos da carne de frango – China e Arábia Saudita –, o volume total exportado pelo Brasil recuou em setembro.

Já no mercado interno, colaboradores do Cepea relataram que as vendas estão aquecidas, o que, somado à disponibilidade limitada de certos produtos, mantém em alta os preços domésticos da avicultura de corte.

Alguns agentes do setor, inclusive, reportam dificuldades em fechar novos pedidos para atender às demandas externa e nacional.

De acordo com dados divulgados pela Secex e compilados pelo Cepea, foram embarcadas 345 mil toneladas de carne de frango em setembro, volume 4,8% abaixo do observado em agosto e ainda 2,3% menor que o do mesmo mês de 2019. Fonte: Cepea