FOTO: A Estrada do Nelore, com 2,5 kms, vai interligar Arraial, Cabo Frio e Búzios. Foto de Ernesto Galiotto.
FOTO: A Estrada do Nelore, com 2,5 kms, vai interligar Arraial, Cabo Frio e Búzios. Foto de Ernesto Galiotto.

O governador Cláudio Castro vai receber em Macaé, onde abre nesta quarta-feira o Fórum de Turismo da Costa do Sol, uma lista de pedidos dos 13 municípios voltados para a melhoria da infraestrutura, principalmente rodoviária, da região. Na mala de volta ao Rio, o governador trará reivindicações para duplicação da RJ-106 (Maricá-Macaé), pavimentação da Estrada do Nelore (Arraial-Cabo Frio-Búzios) e para obras de manutenção em várias rodovias, entre as quais a RJ-142 (Nova Friburgo-BR-101) e o acesso a Búzios. Na mesma bagagem, pedidos para melhoria no saneamento básico e construção de uma nova ponte na RJ-106 sobre o Rio São João.

Com três municípios na Categoria A do turismo brasileiro (Búzios, Cabo Frio e Macaé), a Costa do Sol recebeu 3,4 milhões de turistas em 2019, dos quais 428 mil internacionais, nos seus 499 meios de hospedagem legalizados que geram cerca de seis mil empregos diretos. No encontro com o governador, o presidente do Conselho de Turismo da Costa do Sol (Condetur), Marco Navega, vai entregar a Carta da Costa do Sol, que também pede maior controle do transporte clandestino por ônibus e vans nas rodovias estaduais:

— Nós estamos na maior região turística do Brasil, com três municípios na Categoria A, quatro aeroportos, um deles internacional, e praias maravilhosas, uma das quais (Peró) com a Bandeira Azul. Por isso buscamos um tratamento diferenciado, pois temos atrativos para receber turistas de todo o mundo. Buscamos melhorias na infraestrutura viária e no saneamento básico. Turismo é geração de emprego e renda – enfatizou Marco Navega.

Durante o fórum, que será aberto pelo secretário estadual de Turismo, Gustavo Tutuca, o governador vai assinar termos de cooperação com os prefeitos da Costa do Sol. O subsecretário de Grandes Eventos do Estado do Rio, Marcelo Monfort, falará sobre “A importância do calendário de eventos para a promoção turística”. No roteiro, debates sobre “A importância da regionalização para promoção dos destinos turísticos” e palestra de Bernadinho, técnico da seleção francesa de voleibol, sobre “Talento, determinação e foco: novos tempos, novas oportunidades”.

FOTO: A Estrada do Nelore, com 2,5 kms, vai interligar Arraial, Cabo Frio e Búzios. Foto de Ernesto Galiotto.

Na Carta da Costa do Sol, o Condetur também pede melhoras na segurança das áreas turísticas, com a extensão das atividades do Batalhão de Policiamento de Áreas Turísticas (BPTUr). Ex-presidente da Companhia de Turismo do Estado do Rio (Turisrio) e presidente do Sindicato dos Hotéis e Restaurantes de Búzios, Thomaz Weber assegura que as melhorias na infraestrutura são fundamentais para a Costa do Sol.

— Estamos em fase da retomada do turismo, que se dará, principalmente, pelo meio rodoviário. Por isso é prioridade a melhoria das estradas, além de investimentos em segurança e saneamento básico – apelou Weber.