Grêmio: Vagner Mancini é anunciado como substituto de Felipão

Após recusas de outros técnicos, Grêmio fecha com Mancini

Vagner Mancini deixa América e é o novo técnico do Grêmio
Foto: Gero Rodrigues/Ofotografico/Lancepress!

Nesta quinta-feira (14), o Grêmio anunciou a contratação do técnico Vagner Mancini para substituir o lugar de Luiz Felipe Scolari. Mancini chega para tentar livrar o tricolor gaúcho de um eminente rebaixamento.

Vagner Mancini x América

O técnico Vagner Mancini estava treinando o América-MG, time ao qual chegou para evitar a queda para a Série B. Com 21 jogos à frente do time mineiro, o treinador teve um aproveitamento de 47,6%. Foram 07 vitórias, 09 empates e cinco derrotas.

A notícia da contratação de Mancini pelo Grêmio não foi bem vista pela diretoria do América. Alencar da Silveira Jr, dirigente do clube mineiro, disse estar decepcionado com Mancini. “Recebi um zap dele comunicando que achou melhor aceitar a proposta do Grêmio, vida que segue…Estou decepcionado. Eu não esperava que ele fizesse isso. Proposta chegou ontem à noite, depois do jogo conversaram com ele”, disse o dirigente.

Vagner Mancini x Grêmio

Essa será a segunda passagem de Vagner Mancini no Grêmio, o treinador comandou a equipe em 2008. Agora, Mancini tem a missão de livrar o Grêmio de um descenso à Série B faltando 14 jogos para serem disputados. O contrato do treinador com Grêmio será até o final de 2022.

O tricolor é o vice-lanterna com 23 pontos conquistados em 24 jogos. Antes de fechar com Mancini, o time gaúcho havia tentado a contratação de Roger Machado e de Mano Menezes. Contudo ambos os treinadores, mesmo estando sem times, recusaram. Maurício Barbieri também teria sido procurado, entretanto, o treinador do Red Bull Bragantino tem a final da Sul-Americana para disputar.

Mancini x rebaixamentos

Vagner Mancini tem um retrospecto entre altos e baixos quando o assunto é rebaixamento. O treinador já esteve à frente de 05 equipes que foram rebaixadas para a Série B. O Vitória-BA foi o último nessa ocasião em 2018, antes disso, Mancini esteve no comando do Botafogo rebaixado em 2014. Em 2012 no rebaixamento do Sport, em 2011 do Ceará e em 2010 no descenso do Guarani.

Por outro lado, o técnico coleciona salvamentos. Em 2019, assumiu o comando do Atlético-MG e livrou o time do rebaixamento. Antes disso, em 2017, livrou o Vitória de cair. Ele é mais lembrado quando comandou o Cruzeiro em 2011, quando salvou o time de cair com uma goleada de 6×1 sobre o Atlético-MG, maior rival do time celeste. Mancini também livrou o Athletico-PR de um rebaixamento em 2013, tendo colocado deixado o time na 3ª posição e levado o time à final inédita da Copa do Brasil de 2013 contra o Flamengo.