São Paulo, SP 27/11/2013 –

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 28 milhões de brasileiros têm problemas auditivos, uma das deficiências mais comuns é a perda auditiva. Por ser um número que pode ser diminuído com a prevenção, o Prof. Dr. José Ricardo Gurgel Testa, otorrinolaringologista do Hospital Paulista, faz um alerta à sociedade sobre a necessidade de visitas periódicas a um especialista como medida preventiva e ganho na qualidade de vida.

É importante prestar atenção aos primeiros sintomas que aparecem quando se inicia o processo de perda de audição, que ocorre, normalmente, de maneira gradual. Entre os sinais que indicam essa diminuição estão a dificuldade em escutar o que as outras falam, pedindo para repetir as frases, aumentar o volume da TV demasiadamente, virar a cabeça de lado e direcioná-la para os sons. Quando o problema se agrava, pode levar a depressão e afastamento do convívio social.

Segundo o especialista, é importante que as pessoas com dificuldades auditivas tenham a consciência que a medicina está muito adiantada e pode reverter de forma significativa este problema. “Nossa experiência nos permitiu que aliássemos a tecnologia ao avanço da medicina, garantindo o pioneirismo entre os hospitais privados a realizar com sucesso implantes cirúrgicos como o Coclear e Baha”, comenta dr. Testa.

O implante Coclear é indicado para pessoas com surdez total bilateral e é realizado em duas etapas. Primeiro, uma cirurgia para implantar um eletrodo dentro da estrutura do ouvido interno ou cóclea e, após aproximadamente um mês, é colocado um aparelho externo na parte de trás do ouvido para captar o som do ambiente e transmitir para a unidade interna (eletrodos) como energia sonora, estimulando o cérebro a identificar os ruídos.

Já para os pacientes com perdas unilaterais totais, pessoas que não têm o canal auditivo ou ainda as que tenham perda de transmissão não podendo usar um aparelho de audição convencional, a indicação é a cirurgia com implante do sistema Baha. “Nesse procedimento, coloca-se um pino de titânio atrás do ouvido e aguarda-se cerca de três meses até que o osso agregue o pino. Depois desse período é implantado um aparelho externo fixado com um botão de pressão. Assim, o som faz o aparelho vibrar e esta vibração é transferida para o nervo auditivo”, explica o médico.

A performance e eficiência desses aparelhos possibilitam uma melhora na qualidade de vida. “Fico feliz ao ver os benefícios dos implantes após a recuperação e readaptação do cérebro, há um grande ganho para o paciente que consegue voltar à vida em sociedade sem medos ou preconceitos”, comenta Dr. Testa.

Para as pessoas que ainda não estão em um estágio muito avançado da perda de audição, há ainda a possibilidade de tratamento com modernos aparelhos auditivos que oferecem mais conforto e adaptação. Os modelos mais comuns são: intracanal, que fica completamente dentro do conduto auditivo, intra-auricular, que ocupa a concha da orelha, e retroauricular, localizado atrás da orelha.

Mas vale ressaltar que é importante nestes casos realizar as visitas rotineiras à fonoaudióloga para avaliar se o aparelho está suprindo as necessidades do paciente ou se é preciso fazer ajustes para realmente garantir uma melhor qualidade de vida.

Sobre o Hospital Paulista

Fundado em 1974, o Hospital Paulista ampliou competência para outros segmentos, durante sua trajetória, com destaque para Fonoaudiologia, Alergia Respiratória e Imunologia, Distúrbios do Sono, Halitose, procedimentos para Cirurgia Cérvico Facial, bem como Buco Maxilo Facial.

Em localização privilegiada (próximo ao Metrô Vila Mariana), possui 42 leitos, dois de UTI e 10 salas cirúrgicas, realizando em média, por mês: 600 cirurgias, 7.500 consultas no ambulatório e Pronto Socorro e, aproximadamente, 1.500 exames especializados.

Referência em Otorrinolaringologia e com alta resolutividade, apresenta índice de infecção hospitalar próximo à zero. Dispõe de profissionais de alta capacidade, professores-doutores, sendo catalisador de médicos diferenciados e oferece excelentes condições de suporte especializado 24 horas.