Reprodução de Imagem Muzambinho

Pensionista e Aposentados do INSS podem correr atrás e contestar os cálculos dos seus benefícios dentro do prazo limite. Poucas pessoas sabem, mais o trabalhador que for beneficiado com a pensão por morte ou aposentadoria que discordar dos valores recebidos.

Pode abrir uma contestação e pedir ao INSS uma revisão, caso haja possibilidade de erro consequentemente o beneficiado receberá uma renda maior.

Passando a data limite, não há mais possibilidade de reclamar, é claro somente em casos excepcionais de acordo com todo o regulamento do INSS previsto.

É importante ter documentos que comprovem os direitos a um benefício mais vantajoso, as contribuições precisam estar em ordem e assim toda a documentação será conferida pelo o INSS.

É importante que o seu pedido de revisão do benefícios esteja bem fundamentado.

Reprodução de Imagem Portal Capital Research

Para que o segurado não corra o risco ainda de ter o benefício até mesmo reduzido, faça um documentação apontando os erros.

Uma carta apontando a justificativa da sua solicitação já é o suficiente, essa possibilidade é um meio de melhorar o valor do benefício concedido mensalmente. Oriento que em caso mais complexos procure um advogado especialista em casos previdenciários.

O que o INSS vai fazer?

Assim, esse profissional irá avaliar todo o seu histórico no mercado de trabalho e vai avaliar quais são as suas alternativas. Vale lembrar quer, o cálculo errado desses benefícios não é culpa sua e sim do INSS que pode ter calculado errado.

Se você acha que ser aposentou com o valor da aposentadoria inferior ao seu direito, procure um advogado previdenciário e peça revisão urgente dos seu direito, ressalto que para isto é importante ter toda a documentação que comprove de fato os seus argumentos.

Dessa forma, o INSS vai pegar toda essa documentação e avaliar quais são as condições do seu caso, dependendo da resposta pode aumentar ou até mesmo diminuir o seu benefício.