Instituto Democracia e Liberdade (IDL) lança nesta sexta-feira projeto de Assembleia Nacional Constituinte

Curitiba 13/5/2020 –

Lançamento oficial será feito em live e tem como foco escrever uma nova Constituição para o país

Com 245 artigos, a atual Constituição Brasileira é a segunda maior do mundo, atrás apenas da Índia, com 448 itens. A extensa carta constitucional é fruto do ambiente político-social da segunda metade dos anos 80, período marcado pelo fim do regime militar no Brasil e com características diferentes do atual cenário vivenciado pelo país.

Demonstrando protagonismo neste momento tão sensível para as instituições brasileiras, o Instituto Democracia e Liberdade (IDL) fará o lançamento nesta sexta-feira (15.05) da proposta de uma nova Assembleia Nacional Constituinte, organizada exclusivamente pela entidade. O evento será transmitido ao vivo a partir das 11h, nos canais oficiais do IDL no YouTube e Facebook. “A proposta do IDL é resolver a maioria dos problemas brasileiros de uma só vez, escrevendo uma nova Constituição”, diz o presidente do IDL, Edson Ramon.

Na live, que terá a apresentação do jornalista Carlos Marassi e as participações de Edson José Ramon (presidente do IDL), Francisco Simeão (vice-presidente da entidade) e Nilso Sguarezi (ex-Constituinte e associado do IDL) será exibido o vídeo explicativo da proposta.

Para auxiliar na elaboração da nova carta, a proposta do IDL prevê a eleição de 121 delegados constituintes escolhidos por meio do voto popular (em 2022). Com o texto finalizado, a nova Constituição passaria ainda por aprovação em referendo durante o ano de 2024.

O canal do YouTube do IDL pode ser acessado em: https://www.youtube.com/channel/UCxdXqmxstqDGSjMs5GKMjjw/

O perfil oficial do Instituto no Facebook está disponível em: https://pt-br.facebook.com/InstitutoDemocraciaELiberdade/

Imprensa: Daniela Licht
Básica Comunicações – daniela@basicacomunicacoes.com.br