São Paulo, SP. 15/6/2020 –

Impactos da OPME estão entre os maiores custos e polêmicas na saúde.

O crescente custo da saúde tem vários motivos, dentre eles estão as Órteses, Próteses e Materiais Especiais (OPME). Além do impacto direto econômico, ele vem agregado de outros: ética, moral e técnica, temas centrais da próxima LIVE ABRAMGE, que acontece em 17/06, às 16h.

E, por falar em técnica, nela está implícita a busca por melhores práticas, ou seja, a qualidade na assistência prestada. Por outro lado, a ética vem ao encontro do cumprimento das legislações vigentes e à transparência das informações. Isso quer dizer que médico e paciente não têm o direito de exigir marca de fornecedor de OPME, mas sim de exigir que sejam fornecidos materiais adequados para atender as finalidades da cirurgia, quando necessária – e é aqui que entra a questão moral.

Outro fator de estresse e de aumento significativo nos custos do sistema de saúde público e privado é a judicialização da saúde gerada por conta de requerimentos de OPME, mesmo quando há opiniões divergentes para a realização de determinadas cirurgias.

Para debater todos estes pontos a Abramge convidou Andréa Bergamini,Diretora Técnica da Empresa Gestão OPME; Clenio Jair Schulze, Juiz da 1ª Vara Federal de Brusque (SC); Edmond Barras, Diretor do Serviço de Clínica e Cirurgia do Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo; e Dr. Sergio Lima de Almeida, Chefe do Serviço de Cirurgia Cardiovascular do Hospital SOS Cárdio de Florianópolis.

Serviço:
Data: 17/06 (quarta-feira)
Horário: 16h
Inscrição: https://bit.ly/37o6Ibv
Gratuito
Para fazer a pergunta com antecedência, envie para o WhatsApp (11) 99109-9632

Website: http://www.abramge.com.br