25/11/2013 –

A humanidade sempre conviveu com o parapsiquismo, também conhecido como paranormalidade ou percepções extrasensoriais, sendo aceito e utilizado com naturalidade principalmente entre aqueles que vivenciam estes fenômenos. Ainda assim, esses fenômenos pouco têm sido estudados como objetos de pesquisa da ciência convencional.

Este foi um dos motivos para a médica e escritora Cirlene Couto lança em Curitiba, no dia 29 (sexta-feira), o livro “Contrapontos do Parapsiquismo”, em que descreve sua autopesquisa sobre o tema. Desde a infância Cirlene Couto registra experiências paranormais. “Sentia as energias, tinha clarividência, sonhos que pareciam reais e eram projeções da consciência. Era natural, mas eu não tinha o conhecimento”, diz. Aos 14 anos, Cirlene conheceu o Instituto Internacional de Projeciologia e Conscienciologia (IIPC), passou a atuar como voluntária, estudar e desenvolver os seus fenômenos parapsíquicos com autonomia e controle. No lançamento da obra, Cirlene irá participar de um talk show com o coordenador do IIPC em Curitiba, Eduardo Bortoleto, para contar um pouco da sua experiência e divulgar o seu estudo.

Muitas pessoas podem se identificar com a história de Cirlene, mas são poucos que procuram estudar essas experiências e técnicas de desenvolvimento. Segundo o IIPC, todas as pessoas podem vir a dominar ou desenvolver capacidades parapsíquicas. Para isso não precisam mais do que de vontade, determinação, intenção e superação de traços pessoas.

Na obra, Cirlene mostra o contraponto entre a vivência dos fenômenos com imaturidade e a condição de maturidade parapsíquica, com domínio e racionalidade. “O parapsiquismo está associado à assistência quando desenvolvido de forma sadia. Eu sou o exemplo que há a superação real ao conhecer e usar os fenômenos. A racionalização destas experiências modificam situações de baixa estima e falta de confiança”, explica. O IIPC afirma que os fenômenos paraspíquicos são ferramentas evolutivas utilizada pela consciência para transpor os limites da realidade física para alcançar discernimento e lucidez. “É se dar esperança”, diz Cirlene.

O evento de lançamento do livro “Contrapontos do Parapsiquismo” tem início às 19h30 na Livraria Saraiva do shopping Crystal. A entrada é franca, mais informações: www.iipc.org.

Serviço – Lançamento do livro “Contraponto do Parapsiquismo”
Data: 29/11 (sexta-feira)
Horário: 19h30
Local: Livraria Saraiva – shopping Crystal