São Paulo – SP 6/5/2020 –

Entre os dias 03 e 13 de maio, a multinacional brasileira disponibilizará aos seus clientes cincos charters (aviões fretados e exclusivos) para escoamento de cargas que estavam retidas em países asiáticos como a China pela falta de opção de transporte.

Em meio a uma pandemia, a importação de insumos hospitalares e máscaras se tornou prioridade para diversos países. Entre disputas por itens, variação de preços e incentivos governamentais, a logística desse tipo de produto também foi afetada com navios parados e a queda no número de voos. Porém, há empresas do setor como a Asia Shipping, maior integradora logística da América Latina, que estão em busca de soluções para o abastecimento e luta contra a COVID-19 no Brasil.

Entre os dias 03 e 13 de maio, a multinacional brasileira disponibilizará aos seus clientes cincos charters (aviões fretados e exclusivos) para escoamento de cargas que estavam retidas em países asiáticos como a China pela falta de opção de transporte. Em sua maioria insumos hospitalares, essa carga tradicionalmente é transportada via modal marítimo por seu valor reduzido, mas por sua urgência no abastecimento está chegando ao país por vias aéreas. “Algumas empresas que não são do segmento hospitalar estão trazendo esses materiais para auxiliar na luta contra a COVID-19 e não estavam conseguindo espaço em embarques regulares, após a redução no número de voos e para auxiliá-los aumentamos a oferta com a disponibilização de charters com destino ao Brasil”, explica Alexandre Pimenta, CEO da Asia Shipping.

As aeronaves que chegarão ao Brasil nos próximos dias são de passageiros, porém todo espaço será utilizado para otimização dos voos e maior abastecimento. “Além do porão de carga, usaremos os assentos para acomodação dos insumos que são leves, assim nossos clientes terão mais espaço disponível para acomodação de seus produtos”, afirma Alexandre.

Diante do sucesso e lotação dos charters disponibilizados pela Asia Shipping, a empresa pretende repetir a ação mais vezes durante o mês de maio se a demanda for alta, além de já possui três charters certos com destino a Santiago no Chile, acrescenta Damian Morando, Procurement Director.da Asia Shipping

“Todas empresas que utilizaram os espaços disponíveis desses charters são brasileiras e assim como nós, estão preocupadas e colaborando para o abastecimento do país durante a pandemia em busca da contenção da COVID-19. Estamos sempre buscando o melhor para os nossos clientes e nosso povo”, finaliza Alexandre.

Website: http://www.asgroup-portal.com/pt