São Paulo – SP 10/4/2014 – “Deixar entregas na mão de uma empresa só pode trazer riscos, já que, se a operação tiver uma falha, não há para onde fugir. Além do risco operacional, contar com um só fornecedor engessa a negociação de preços”, reforça Guilherme Reitz, CEO do Axado.

Logística do comércio eletrônico pode ser estruturada por meio da tecnologia e aumentar as conversões das lojas online

Calcular o preço e o prazo da entrega de um produto é um processo complexo que todo gestor de e-commerce deve enfrentar. A dificuldade se explica pela necessidade de conciliar as condições de cada transportadora conveniada com a especificidade da mercadoria e a necessidade do comprador – que pode desistir do carrinho de compras virtual caso o frete seja caro ou demore muito. De acordo com pesquisa recente da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, a gestão estratégica do frete representa o maior custo de todo o processo, somando 58% das operações logísticas de um e-commerce.

Para auxiliar lojistas virtuais a obter melhores resultados a partir do investimento nessa área, a empresa de TI catarinense Axado lançou o e-book gratuito Como a gestão qualificada dos fretes aumenta as vendas no e-commerce. No material educativo, é estimulado o vínculo de uma loja virtual a mais de uma transportadora, para que os consumidores possam ter mais opções de preço, prazo e empresa contratada.

“Deixar as entregas na mão de uma empresa só pode trazer riscos, já que, se a operação tiver uma falha, não há para onde fugir. Além do risco operacional, contar com um só fornecedor engessa a negociação de preços – quem tem mais de uma opção pode escolher o melhor custo-benefício”, avalia o CEO do Axado Guilherme Reitz. A empresa desenvolve um gateway de fretes que é utilizado por mais de 200 lojas virtuais brasileiras e que já contabilizou mais de 5 milhões de cotações online.

O desafio dos gestores de e-commerce aumenta significativamente nas grandes datas do varejo, como Natal e Black Friday, quando o volume de acessos e consultas pode causar instabilidade no sistema de cálculos e prejudicar as vendas. Um gateway de fretes integrado às plataformas pode, por exemplo, dar robustez ao sistema e evitar transtornos à loja virtual mesmo quando há picos de demanda, conforme aponta o material educativo.

Você pode baixar gratuitamente o e-book Como a gestão qualificada dos fretes aumenta as vendas no e-commerce pelo link ou na página de materiais educativos do Axado: http://materiaiseducativos.axado.com.br/como-a-gestao-qualificada-dos-fretes-aumenta-as-vendas-no-e-commerce

Website: http://www.axado.com.br