São Paulo – SP 10/6/2020 –

Como consequência das medidas preventivas de isolamento social, é comum o surgimento de algumas reações à mudança, e uma delas pode ser considerada a dor nas costas, um termo que obteve um alto crescimento no número de buscas no Google

Como consequência das medidas preventivas de isolamento social, é comum o surgimento de algumas reações à mudança, e uma delas pode ser considerada a dor nas costas, um termo que obteve um alto crescimento no número de buscas no Google durante a quarentena. Esse levantamento, portanto, indica que os cuidados com a coluna e a postura merecem maior atenção, sendo necessário o acompanhamento feito por profissionais de uma clínica de fisioterapia.

A partir do dia 26 de fevereiro, com a confirmação do primeiro caso da covid-19 no Brasil, a busca por “dor nas costas” aumentou em 76%, e seu pico ocorreu dois meses depois, no dia 26 de abril, de acordo com o Google Trends. Ainda assim, segundo estudos realizados pelo Hospital das Clínicas de São Paulo, a dor nas costas trata-se de uma condição frequente, sendo uma das principais causas de licenças médicas no trabalho, com 4 a cada 10 pessoas apresentando dores nas costas no país.

O que levou ao aumento da busca por “dor nas costas”

Devido à pandemia, muitas empresas adotaram um novo modelo de trabalho, que pode ser realizado de forma remota, ainda que em condições adversas, sem o aparato necessário de um escritório. Com isso, a rotina de milhares de brasileiros mudou, causando dores e lesões na coluna devido à necessidade de adaptação do trabalho em casa, que, geralmente, é realizado de maneira improvisada em mesas de jantar, cozinha ou no próprio quarto, sem os equipamentos adequados.

Em decorrência da improvisação, brasileiros têm buscado por soluções práticas na internet, como aquelas relacionadas ao termo “dor nas costas”, nos principais buscadores. Para evitar lesões mais graves, entretanto, existem clínicas de fisioterapia em SP, como a SM Care, que dispõem de diversos serviços para a melhora do quadro a partir de drenagens, acupuntura e outros tratamentos.

Como evitar as causas de dor nas costas

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), já são mais de 16% dos brasileiros que possuem dor nas costas como problema de saúde. Com a quarentena, algumas práticas podem ser adotadas para diminuir os riscos de uma postura inadequada, principalmente se tratando do trabalho remoto.

Bem como o acompanhamento em clínicas de fisioterapia em SP, é importante manter uma boa postura para preservar a coluna de graves problemas, como hipercifose, hiperlordose lombar e cervical e escoliose, que podem afetar diretamente em suas relações interpessoais e profissionais, visto que também podem ter reflexos no estado emocional.

Para diminuir as causas de dor nas costas, existem alguns hábitos que podem ser adicionados às visitas de acompanhamento em clínica de fisioterapia, visando a melhora da postura e condições de saúde. Tais medidas incluem o ajuste do ambiente de trabalho, com posições adequadas, estabelecimento de pausas entre o expediente, tanto para descanso quanto para movimentação, e, principalmente, atenção à postura.

Ainda assim, é fundamental que a causa e a gravidade das lesões sejam analisadas por um profissional fisioterapêutico. É possível encontrar clínicas de fisioterapia em SP para o início do tratamento adequado de modo seguro e eficaz, como a SM Care.

A empresa é uma clínica de fisioterapia que atua com excelência técnica na reabilitação de pacientes, possuindo profissionais capacitados para a execução de tratamentos para dor nas costas e demais especialidades, como acupuntura sistêmica, tratamento dermatofuncional e RPG.

Website: http://smcare.com.br/clinica-de-fisioterapia-em-sp/