Cada vez mais o tema sobre saúde ambiental vem ganhando força e sendo alvo de debate em nosso cotidiano. Com o passar dos anos, conseguimos ver que o meio ambiente vem se degradando e que é de suma importância colocarmos a mão na consciência e adotar medidas para ajudá-lo.

Por causa disso, temas como sustentabilidade, descarte de lixo eletrônico, reciclagem, proibição de materiais de plástico, reutilização de recursos e reflorestamento, têm ganhado cada vez mais destaque e se tornado pauta de diversas conversas que buscam um meio ambiente mais saudável e vivo.

Porém, mesmo que seja um sonho garantir a manutenção de um bom funcionamento do meio ambiente, é preciso encarar a realidade e saber que existem diversos obstáculos para que a gente consiga alcançar um “mundo ideal”.

Pensando nisso, separamos alguns dos que podem ser os grandes desafios para garantir a saúde do meio ambiente.

Insuficiência dos serviços básicos de saneamento e coleta de lixo

O primeiro ponto em que sofremos bastante aqui no Brasil, é a insuficiência dos serviços básicos de saneamento e de coleta. Muitas regiões de nosso país, não possuem estruturas básicas para higiene pessoal, por exemplo.

Com isso, as pessoas acabam desperdiçando recursos valiosos, ou poluindo rios para se banhar ou lavar suas roupas.

Outro ponto ainda mais agravante é em relação a coleta de lixo. Muitos lugares não possuem uma coleta de lixo minimamente decente e acabam despejando seus resíduos em lugares impróprios.

Isso claramente reflete em um mal ambiental, já que o descarte inadequado de lixo polui o meio ambiente e gera um ambiente ainda mais tóxico.

Poluição em usinas e indústrias

Uma carta já marcada, porém extremamente discutida, é justamente a poluição proveniente das indústrias e usinas espalhadas pelo mundo. Qualquer que seja o nicho de sua indústria ou usina, seja ela nuclear, de combustíveis fósseis, térmicas, ou até mesmo uma simples indústria que trabalha com usinagem de precisão, todas terão seu grau de poluentes em nosso planeta.

Sejam elas por meio de poluições químicas e físicas pelo ar, da água ou da terra, todas irão ter uma parcela de poluentes dentro de nossa atmosfera.

Por isso, cada vez mais indústrias e empresas vêm se conscientizando e buscando ações sustentáveis. Porém ainda é um grande desafio, já que dentro de uma usina, por exemplo, os poluentes são quase que inevitáveis.

A ganância e educação do ser humano

Esse talvez seja o nosso maior desafio de garantir a saúde do meio ambiente: o ser humano.

Por mais que as práticas de sustentabilidade estejam sendo adotadas por diversas empresas, desde um pet shop até uma cervejaria que trabalha com insumos para cerveja, o ser humano continua sendo o maior inimigo ambiental.

Isso porque, a ganância humana reflete em sempre explorar mais recursos e buscar agravar ainda mais algumas condições ambientais para ganhar mais dinheiro ou fazer novas descobertas.

Enormes desmatamentos, incêndios florestais, caça esportiva, extinção de espécies, gases poluentes, todos esses são fatores desencadeados por nós mesmos.

A ganância ainda se junta à educação, onde muitas pessoas não se importam com o meio ambiente e utilizam ele como um grande saco de lixo.

Descarte errado de resíduos, jogar lixo na rua, uso excessivo de água e luz, estes são alguns exemplos de práticas cotidianas que afetam e vão destruindo o meio ambiente cada vez mais.

Por mais que a sustentabilidade seja um tema em alta, são muitos os desafios para garantir a saúde do meio ambiente. Porém com compreensão, paciência e dedicação, podemos fazer do mundo um lugar mais verde.