Poderemos ter em nossos lares alimentos que nos trarão doenças futuras. As manipulações que ocorrem em animais por conta da ambição humana fará um mundo cada vez mais passível de pandemias.

Realmente está cada vez mais difícil de vivermos num mundo cada vez mais materialista no sentido extremo da palavra.

Pois essa situação acelera e muito a ambição humana fomentando, em contrapartida, a impossibilidade de se evitar as pandemias que provoca um colapso enorme na saúde pública e consequentemente provoca um efeito dominó devastador nas demais áreas.

E o pior é a falta de insumos (vacinas, medicamentos) suficientes para atender a enorme demanda, além da ausência de profissionais da saúde capacitados e boas estruturas hospitalares.

O surto epidêmico não avisa sobre a sua chegada, ou seja, quando menos se espera, eis a surpresa!

Em 1918 surge a Gripe Espanhola contaminando e levando a óbito milhões de pessoas.

Não se sabe ao certo o motivo que originou a existência dessa pandemia, embora que desconfiam ser das granjas existentes em Kansas, nos Estados Unidos naquela época.

Tivemos também o Ebola, um vírus que surgiu em 1976 no continente africano, numa região localizada nas proximidades do Rio Ebola, por isso o nome do vírus. E foi através de uma espécie de morcego (morcego-da-fruta) sendo esse o hospedeiro natural do vírus, que houve o contágio ao ser humano.

Em 2009 também ocorreu no México onde através de porcos, o vírus virou à pandemia Influenza A (H1N1) ou simplesmente Gripe Suína.

No ano de 2012, na Arábia Saudita, supõe-se que através dos camelos, morcegos e outros animais vieram a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (Mers).

E não adianta a enormidade de alertas por parte de governos, agências e organizações globais se não houver um reconhecimento claro sobre a raiz causadora do problema que impacta negativamente a saúde pública e ao meio ambiente com consequências drásticas a vida humana.

Um problema chamado `manipulação da natureza´ por ação antrópica humana.

Sim, isso mesmo! Pois destroem os habitats, sequestram, aprisionam e fazem manipulações genéticas, inserem aditivos químicos com o objetivo de aumentar resposta produtiva nos animais trazendo como consequência desse abuso, alterações nos limites quanto às respostas na saúde desses animais.

Porém o que importa a muitos é o lucro financeiro enorme que obterão com essas ações desumanas.

A crueldade não tem limites. Ao menos para muitos que pouco se importam com o sofrimento desses animais.

Essas manipulações fomentam novas doenças infecciosas zoonóticas.

Sim. Com as alterações manipuladas pelos humanos nos animais, o que ocorre é um sério problema sanitário através da propagação de vírus.

E esses vírus podem sofrer mutações e contaminar os seres humanos e até levá-los a óbito!
O surgimento desses vírus pode ter relação com o aumento das ações antrópicas nas manipulações que ocorrem na saúde dos animais.

Portanto, atualmente temos um sistema humano ambicioso e absolutamente convertido em ganhos financeiros no sentido mais cruel da palavra, não observando a importância da biodiversidade e da natureza no que tange o perfeito funcionamento dos ecossistemas e das biotas de cada região, que poderia fomentar um perfeito equilíbrio desses seres na natureza.

Como consequência, temos as pandemias afetando muitos cidadãos em toda parte do globo terrestre, inclusive os indígenas, infelizmente.

O que fazer?

Ler, pesquisar, se informar, não se deixar ser manipulado, porém buscar entender a importância da existência e das funcionalidades desses maravilhosos seres na natureza nos âmbitos físicos e espirituais.

Fontes:
https://drauziovarella.uol.com.br/
http://www.blog.saude.gov.br/
https://www.ufrgs.br/coronavirus/
https://www.msf.org.br/