PERÓ LANÇA CAMPANHAS PARA DEIXAR A PRAIA LIMPA

Ações ambientais na limpeza do Peró
Ações ambientais na limpeza do Peró / Foto: Divulgação

A partir desta terça-feira, todos os hóspedes do Hotel Paradiso Peró, em Cabo Frio, vão receber sacolinhas para colocar o lixo que produzirem na praia do Peró, única do interior fluminense certificada com a Bandeira Azul, selo internacional de qualidade ambiental. As sacolinhas serão entregues quando os hóspedes forem à recepção pegar cadeiras de praia por empréstimo. O hotel, o maior do Peró, fica em frente à praia.

— Os hóspedes serão orientados a recolher os resíduos e trazê-los para o hotel, onde serão descartados nas lixeiras de recicláveis, que separam plásticos, metais, papéis e vidros. Nós queremos apoiar as iniciativas da comunidade e com os princípios da Bandeira Azul – explicou o gerente, Márcio Nascimento.

Esta é mais uma iniciativa da iniciativa privada para apoiar ações sustentáveis que visam a proteger o meio ambiente e deixar a praia mais limpa. A loja de artesanato da Praça do Moinho está produzindo placas educativas, orientando os turistas a não deixarem lixo na praia. O supermercado Tucano colocou mensagens educativas nas suas sacolas; o quiosque Pampo’s criou o drink Bandeira Azul (em apoio ao projeto) e o quiosque da Gaby colocou placas nos acessos à praia pedindo aos banhistas para não deixarem lixo na praia.

Ações ambientais na limpeza do Peró / Foto: Divulgação
Ações ambientais na limpeza do Peró / Foto: Divulgação

O Hostel Container Cabo Frio está doando galões de água que tiveram validade vencida para acondicionar o microlixo nos quiosques. Recentemente, a Comsercaf, empresa responsável pela limpeza, espalhou containeres ao longo da areia do trecho certificado, além de manter serviços de varrição no restante da praia. Os Amigos do Peró também doaram mais de 40 lixeiras para os quiosques. Alguns, contudo, foram furtados.

Ações ambientais na limpeza do Peró / Foto: Divulgação
Ações ambientais na limpeza do Peró / Foto: Divulgação

— O envolvimento da iniciativa privada e da comunidade em ações ambientais é uma prática antiga nos países avançados. Passou o tempo de todos ficarem dependendo apenas do poder público.  Este envolvimento da comunidade do Peró é super elogiável. Com estas ações, os empreendedores criam uma empatia com o público local e com os visitantes  – comentou o presidente da Federação dos Conventions Bureau do Estado do Rio, Marco Navega.Nesta terça-feira, os proprietários de quiosques na Praia do Peró vão assistir no Hotel Paradiso, uma palestra feita por representantes da Vigilância Sanitária, Defesa Civil e da Secretaria do Meio Ambiente sobre a correta manipulação de alimentos, higiene e segurança. A medida precede uma ação de fiscalização para melhorar o atendimento nos 17 quiosques do Peró. O curso também é aberto aos restaurantes e a outros estabelecimentos do Peró, mesmo fora da praia, que comercializem alimentos.