São Paulo 29/5/2020 –

Como muitas pessoas ainda não podem sair de casa, plataforma colaborativa faz uma lista especial de 6 filmes que fazem com que as pessoas viajem pelas cenas e histórias.

Ainda há muita discussão teórica e filosófica para saber se é a arte que imita a vida ou a vida que imita a arte. De qualquer forma uma coisa é fato, a arte está no mundo e o mundo está na arte. E a arte, principalmente o cinema por ser audiovisual, nos permite viajar por outras cidades e países, e até mesmo mundos, embora esses sejam fictícios também tem por referência nosso planeta.

Há um crescente interesse dos brasileiros pelo cinema. No Brasil 2018 e 2019 foram anos que, de acordo com a Ancine (Agência Nacional de Cinema), mais pessoas foram ao cinema. Ainda segundo a agência, 2019 de maneira geral, foi o ano com o maior registro em 17 anos. É claro que em 2020 os números podem diminuir devido a situação mundial atual.

Entretanto, os filmes continuam a ser assistidos mesmo de casa. A Netflix, por exemplo, teve crescimento recorde nos primeiros meses do ano. A plataforma fechou o primeiro trimestre com 182,86 milhões de assinantes no mundo todo.

Diante disso, a Plataforma Colaborativa Lugares Pelo Mundo fez uma lista de 6 filmes que fazem com que aqueles que assistem tenham uma experiência que os fazem viajar para outros locais.

Na Natureza Selvagem
EUA – Alasca

O filme, dirigido por Sean Penn, estrelado por Emile Hirsch e com trilha sonora de Eddie Vedder (da banda Pearl Jam), é uma história real, que foi contada no livro do jornalista Jon Krakauer, no qual é baseado o filme. Embora o Alaska não seja o tema central do filme, é o cenário da busca de Christopher McCandless pela felicidade e o sentido da vida. As paisagens mostradas tanto do caminho até a chegada no local fazem com que quem assiste percorra junto tanto a viagem física quando a interior, do personagem.

007 contra GoldenEye
Mônaco

Esta é a primeira obra em que Pierce Brosnan faz o papel de James Bond e o traje lendário se encaixa perfeitamente nele! Uma das primeiras cenas mostra uma perseguição de tirar o fôlego nas alturas de Mônaco. Também é mostrado o Cassino de Monte-Carlo, onde o espião joga (e vence) um bacará desafiador. Você também pode se divertir no bacará e pedir uma vodca martini… mas, é claro, “shaken and not stirred”!

Comer, Rezar e Amar
Índia, Itália e Bali

O filme conta a história de Elizabeth (Julia Roberts) que ao descobrir que sempre teve problemas nos seus relacionamentos amorosos, larga tudo, marido, trabalho, amigos, e vai viver novas experiências em lugares diferentes por um ano inteiro.

Como bem coloca o título os verbos de ação escolhem seu destino e ela parte para a Índia, Itália e Bali, para se reencontrar numa grande viagem de autoconhecimento.

Frozen
Noruega

Os idealizadores da famosa animação da Disney usaram a Noruega como inspiração para criar o reino de Arendelle, onde a princesa Elsa e sua irmã Ana vivem suas aventuras. Foram realizadas uma série de viagens de pesquisa ao país nórdico, o que permitiu a criação da estética de um paraíso invernal. Ao assistir o filme, vale a pena prestar atenção nas referências não só das paisagens norueguesas, mas também dos trajes típicos do país e de elementos da cultura local.

Meia noite em Paris
Paris

O diretor Woody Allen faz desse filme quase que uma declaração de amor à Cidade das Luzes. O longa explora muitos locais que são famosos destinos turísticos. Conforme a trama vai se desenvolvendo, Gil (Owen Wilson) faz diversos passeios pela cidade, ao lado de sua noiva, Inez (Rachel McAdams), e dos pais dela, John (Kurt Fuller) e Helen (Mimi Kennedy).
A história mostra a frustração de um diretor que embora bem sucedido não sente-se satisfeito. Estar em Paris faz com que Gil volte a se questionar sobre os rumos de sua vida, desencadeando o velho sonho de se tornar um escritor reconhecido.

Lawrence da Arábia
Jordânia

Outro clássico do cinema, o filme de 1962 é uma obra icônica e premiada com sete Oscars, incluindo o de melhor filme e de melhor diretor (David Lean). O filme conta a história do oficial britânico Thomas Edward Lawrence – o famoso Lawrence da Árabia – e seu papel durante a Revolta Árabe (1916-1918), na luta contra o Império Turco-Otomano. A paisagem desértica de Wadi Rum, na Jordânia, foi um dos cenários do filme, assim como o Forte de Aqaba e o Castelo de Azraq.

Website: http://www.lugarespelomundo.com