FOTO: A Praia do Peró foi premiada pelo conjunto de ações em Educação Ambiental. Foto de Henrique Nascimento.
FOTO: A Praia do Peró foi premiada pelo conjunto de ações em Educação Ambiental. Foto de Henrique Nascimento.

A Praia do Peró, em Cabo Frio, conquistou a principal premiação no Primeiro Prêmio Destaque em Educação Ambiental da temporada 2020/2021, promovido pela coordenação nacional do Programa Bandeira Azul com apoio da Associação Nacional de Municípios e Meio Ambiente (ANAMMA). O prêmio foi resultado da série de atividades envolvendo temas como lixo marinho, inventário de biodiversidade local, série de webinars de gestão e educação ambiental, tour virtual e ebook. Com 7,2 quilômetros de extensão, a Praia do Peró é a única do interior fluminense que tem a Bandeira Azul — selo internacional de qualidade ambiental.

Segundo a coordenadora nacional do programa Bandeira Azul, Leana Bernardi, as atividades de educação ambiental tiveram um papel essencial durante a pandemia, tanto para manter os princípios do Programa Bandeira Azul quanto para manter a sociedade conectada com questões ambientais durante o período de isolamento social. Um dos objetivos do programa é manter os espaços de praias e marinas preservados, limpos, agradáveis e sustentáveis. O prêmio do Peró foi pelo Conjunto de Atividades em Educação Ambiental.

— Foi um trabalho conjunto e voluntário de um grupo de pessoas que creem que a educação é a base e esperança do presente e do futuro. Este prêmio é fundamentalmente da sociedade civil, com apoio das secretarias municipais do Meio Ambiente e do Turismo. Estou emocionada — disse a coordenadora do projeto Bandeira Azul no Peró, Paloma Arias.

A Praia do Estaleiro e Estaleirinho, no Balneário Camboriú (SC) também foi premiada pela atividade “Episódios Webséries Semana Bandeira Azul”. Educadores ambientais produziram quatro vídeos educativos com discussão sobre temas relacionados ao comportamento nas praias, vegetação de restinga, ondas, marés e origem da areia. A Marina Kauai, em Ubatuba (SP) recebeu prêmio semelhante ao da Praia do Peró (Conjunto de Atividades de Educação Ambiental).

Além de Leana Bernardi, participaram da premiação de Praias e Marinas como Instrumento de Gestão Ambiental e Turismo Responsável o velejador e campeão olímpico Torben Gral e sua esposa, Andrea, que é veterinária e ambientalista; o oceanógrafo e coordenador do sistema costeiro-marinho da ANAMMA, Ricardo Haponiuk; e, a coordenadora-geral de Turismo Responsável do Ministério do Turismo, Rafaela Lehman.

— A Praia do Peró foi premiada em reconhecimento à série de ações de educação ambiental na última temporada — comentou Haponiuk, que é mestre em planejamento espacial marinho e instrutor nacional do Projeto Orla.

Na mesma semana da premiação, o prefeito José Bonifácio desapropriu um quiosque para ser a base operacional do projeto Bandeira Azul e da fiscalização ambiental na Praia do Peró. Ex-presidente do INEA e ex-secretário do Consórcio Ambiental Lagos-São João, Luiz Firmino disse que sempre que um projeto ambiental dá certo muitas coisas concorrem para tal:

— É o caso da Bandeira Azul do Peró. Sempre atuantes, os gestores desse projeto se destacam mais uma vez na busca permanente por ações que elevem a consciência de todos para com a preservação e conservação desse ecossistema impar — comentou.

Presidente do Conselho de Turismo da Costa do Sol (Condetur), Marco Navega anunciou que a premiação será levada, como exemplo de boas ações em municípios turísticos, no Fórum Regional de Turismo da Costa do Sol, dia 29, em Macaé.

— A boa experiência do Peró pode servir de modelo para outros municípios que tenham praias ou marinas aptas a receberem a Bandeira Azul.