São Paulo 11/6/2020 – “Quando você se exercita, o magnésio é redistribuído por todo o corpo para ajudar as moléculas de energia a chegar onde são necessárias”

Para ajudar a manter uma alimentação equilibrada, a revista Time fez uma lista de sugestões para adicionar ao carrinho de compras.

É possível montar um cronograma alimentar com alimentos que já existem e que irão fazer muito bem para o bem-estar e saúde das pessoas.

Segundo o professor de medicina cardiovascular da Escola de Medicina de Harvard, Dariush Mozaffarian, “algumas dietas podem causas efeitos negativos em nossa saúde no curto e longo prazo”. Mozaffarian diz também que o ideal é comer uma variedade de alimentos saudáveis. Para ajudar a manter uma alimentação equilibrada, a revista Time fez uma lista de sugestões para adicionar ao carrinho de compras.

Legumes
Ervilhas, feijões e amendoins são fontes de magnésio, um mineral que tem papel importante na produção de energia do corpo.. “Quando você se exercita, o magnésio é redistribuído por todo o corpo para ajudar as moléculas de energia a chegar onde são necessárias”, explica Forrest Nielsen, nutricionista de pesquisas da USDA’s Agricultural Research Service.

Espinafre
O espinafre pode ser uma ótima fonte de ferro. É ele que fornece oxigênio e injeta energia a suas células. Para facilitar a ingestão, as pessoas podem incluir na sua dieta alimentos ricos em vitamina C, como morangos ou laranjas, que ajudam na absorção do ferro fornecido pelo espinafre e também de outros nutrientes.

Quinoa
Trocar o arroz branco e o pão pela quinoa pode ser uma boa opção para ter mais disposição durante o dia. A quinoa é um dos raros alimentos à base de plantas que contém todos os nove aminoácidos essenciais, elementos cruciais para síntese proteica, chave para a construção muscular.

Tomates
O elemento importante aqui é o licopeno (substância carotenóide que dá a cor avermelhada ao alimento). “Nossa pesquisa mostrou que o licopeno reduz a inflamação nos pulmões e o número de células que secretam muco – ambas são respostas aos alergênicos”, diz Lisa Wood, bioquímica nutricional e professora sênior da Universidade de Newcastle, na Austrália.

Leite fortificado com vitamina D
Segundo um artigo publicado no Journal of Allergy and Clinical Immunology, pessoas com níveis mais baixos de vitamina D são mais propensas a terem problemas respiratórios, como a asma. “Evidências sugerem que a vitamina D tem um efeito protetor contra os principais sintomas da asma e alergias”, diz Wood.

Maçãs
Um artigo publicado no Journal of Biological Regulators and Homeostatic Agents fala dos benefícios de uma das frutas mais populares. A maçã contém quercetina, um flavanóide que possui propriedades farmacológicas e pode atuar como anti-histamínico natural e bloquear substâncias que causam alergia. Detalhe: é na casca da fruta que se encontra a maior parte da quercetina, portanto é bom comer a maçã com casca.

Frutas vermelhas
As frutas vermelhar (framboesa, morango, amora e mirtilo) ajudam a retardar o envelhecimento do cérebro. Isso acontece graças às antocianinas (antioxidantes presentes na fruta). Esta substância, junto com outros compostos, pode bloquear as enzimas que cortam a a comunicação entre as células cerebrais.

Laranja
As pessoas que tiram a vitamina C (essencial para a produção de colágeno) de suas dietas têm menos chances de conseguir envelhecer com uma aparência boa, segundo estudo do American Journal of Clinical Nutrition.

Salsinha
Muito mais do que um item de decoração do prato. A salsa, seja fresca ou seca, é uma fonte surpreendente de vitamina K, necessária para uma coagulação sanguínea saudável, reduzindo a inflamação e mantendo sua força óssea – para ajudar a prevenir a osteoporose.

Website: https://www.sitiopema.com.br/