Um grande empreendimento, com foto na sustentabilidade. Até o fim do ano, a Região dos Lagos vai ganhar o Centro de Abastecimento de São Pedro da Aldeia (Ceasp), cujo projeto está sendo apresentado ao público neste fim de semana. Localizado às margens da Rodovia RJ-106, o Ceasp terá um conceito diferenciado de sustentabilidade com foco na eficiência no uso dos recursos e a redução dos impactos ambientais.

O centro de abastecimento, que atenderá a 12 municípios, de Saquarema a Carapebus, vai tratar seu próprio esgoto; terá estrutura para aproveitar a energia solar e a água da chuva; e, vai adotar ações para descarte consciente de lixo seco e orgânico. Na área de seis mil metros quadrados, com 156 boxes e 28 lojas, haverá espaço para comercialização de produtos orgânicos e uma área reservada para o pequeno agricultor da região, que ficará livre da cobrança de taxas e de aluguel. A área total do empreendimento tem 90 mil metros quadrados.

— A estrutura do Ceasp vai contribuir para a logística da distribuição de alimentos, reduzindo os custos de comercialização, por conta da proximidade das regiões produtoras de hortifrutigranjeiros, além de ofertar produtos com mais qualidade ao consumidor – explicou Paulo Machado, um dos sócios do empreendimento.

Os sócios e colaboradores do empreendimento com o projeto do Ceasp.
Os sócios e colaboradores do empreendimento com o projeto do Ceasp.

A primeira fase do Ceasp terá espaço para a comercialização de hortifrutis, pescados, carnes, flores, bebidas nacionais e importadas, além de supermercado, lojas de embalagens e um Truck Center com canal direto com os caminhoneiros. Já a segunda fase prevê a construção de uma área de comércio e lazer com cafeterias, restaurantes e lanchonetes, além de outros 86 boxes e lojas.

— O Ceasp vai trazer muitos benefícios para quem trabalha na área. Hoje, nós buscamos mercadoria na capital e na Região Serrana do Estado. Perdemos tempo, muitas vezes qualidade e preço nos produtos. Com esse novo espaço em São Pedro da Aldeia, a logística de abastecimento será muito melhor, o que vai facilitar para que tenhamos sempre produtos frescos para nossos clientes. – comentou Patrícia Souza, comerciante de hortifrutis de Rio das Ostras.

O projeto do Ceasp nasceu da experiência do saudoso empresário italiano José Carlos Scarambone. Empreendedor visionário, ele atuou por 40 anos na área de alimentos e fez uma série de pesquisas para viabilizar a criação do Ceasp em São Pedro da Aldeia.  Seu filho, Gustavo Scarambone, é um dos sócios. “É uma grande alegria poder dar vida a esse sonho do meu pai, que foi um grande empreendedor e colaborador para o crescimento econômico do nosso Estado”, disse Gustavo.

— Bom ver o avanço dos programas de sustentabilidade na Região dos Lagos. Já temos a praia do Peró, que conquistou a Bandeira Azul (símbolo mundial de qualidade ambiental), o Hostel Container Cabo Frio e Market Peró, construídos com containeres e com projetos desenvolvidos com os conceitos mais modernos de sustentabilidade – lembrou o hoteleiro Roberto Saci, um dos pioneiros em meios de hospedagem na Região dos Lagos.