foto: O secretário Gustavo Tutuca anunciou investimentos para promover as cidades turísticas.
foto: O secretário Gustavo Tutuca anunciou investimentos para promover as cidades turísticas.

O turismo doméstico será o alvo do Estado do Rio na retomada do movimrnto turístico a partir de novembro. O governo do Estado do Rio vai investir R$ 12 milhões para promover as cidades turísticas fluminenses no Brasil.  O anunciou foi feito pelo secretário estadual de Turismo, Gustavo Tutuca, no Fórum de Turismo da Costa do Sol, realizado  em Macaé. A Carta da Costa do Sol, com reinvindicações do trade turístico da região, não foi entregue ao governador Cláudio Castro, que não compareceu ao evento porque ficou febril e com dores no corpo após tomar a vacina contra a covid-19.
O secretário de Turismo também anunciou “um banho de sinalização” nas 12 regiões turísticas do Estado do Rio, com apoio do DER-RJ. A campanha para divulgar o Rio será feita com recursos de R$ 10 milhões liberados pelo governador Cláudio Castro e outros R$ 2 milhões de uma emenda parlamentar do deputado Otávio Leite, antecessor de Tutuca na Secretaria de Turismo. O nome da campanha é “O rio continua lindo”.

— Temos a esperança de voltarmos à tranquilidade sanitária em novembro, quando a maioria das pessoas estará vacinada com a segunda dose da vacina contra o coronavírus. Em 2019, 11 milhões de brasileiros viajaram para o exterior. Agora, vão explorar o turismo interno e o Rio, sobretudo o interior, está pronto para recebê-los. Vamos investir no turismo doméstico. No dia 13, na Cidade das Artes, o governador lança o calendário de eventos de esportes e cultura para 2021 – disse o secretário, acrescentando que o próximo fórum de turismo será na Costa Verde, em outubro.

foto: O secretário Gustavo Tutuca anunciou investimentos para promover as cidades turísticas.
foto: O secretário Gustavo Tutuca anunciou investimentos para promover as cidades turísticas.

O presidente do Conselho de Turismo da Costa do Sol, Marco Navega, disse que a Carta da Costa do sol será entregue pessoalmente ao governador na semana que vem, no Palácio Guanabara. A carta pede obras de infraestrutura para beneficiar o turismo. Entre elas, a duplicação da RJ-106 de Maricá até Macaé; pavimentação da Estrada do Nelore; interligando Arraial-Cabo Frio-Búzios; nova ponte sobre o Rio São João e, melhorias nos acessos a Búzios; melhorias na segurança pública dos destinos turísticos; e, apoio na fiscalização do transporte clandestino por ônibus e vans, através do Detro e BBRv, nas rodovias estaduais.

— Estas obras e a segurança são fundamentais para a Costa do Sol e algumas delas já foram prometidas pelo governador, como a pavimentação da Estrada do Nelore. A região precisa de mais investimentos estaduais e também de maior atuação do Batalhão de Policiamento de Turismo da PM (BPTUR) – reclamou Navega.

Presente ao fórum, o presidente da Federação dos Motoclubes do Estado do Rio, Humberto Montenegro, falou da importância do motociclismo para o turismo regional. Lembrou que o segmento é pioneiro nas viagens domésticas. Gustavo Tutuca ressaltou a importância do moto-turismo e anunciou que a Secretaria de Turismo vai promover um grande evento de motoclubes em novembro no Rio. O subsecretário de Grandes Eventos, Marcelo Monfort, prometeu apoiar os eventos que motociclistas do Estado do Rio, que recomeçam sábado em Cabo Frio com o 29º aniversário do Motoclube Tubarões.