Tecnologias diversas aprimoram aulas a distância

Uberlândia 21/5/2020 –

Professores buscam recursos para se aproximarem da realidade da sala física.

Devido às medidas de isolamento social recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS), como forma de prevenção à proliferação do novo Coronavírus, as aulas em Uberlândia estão suspensas há pouco mais de um mês. Para evitar a defasagem de conteúdo, escolas e universidades têm se adaptado ao ensino a distância para alunos que normalmente teriam aulas presenciais.

Na Uniube, os professores têm trabalhado com salas virtuais que facilitam a interação entre professores e alunos, além do compartilhamento de telas, uma ferramenta comum e útil para os ambientes virtuais de aprendizado. No entanto, as disciplinas de exatas, com fórmulas e cálculos, necessitam de uma abordagem mais humanizada, para um passo a passo da resolução de exercícios, por exemplo. “Como as disciplinas exigem cálculos e soluções de exercícios muito longos e complexos, eu ainda sentia a falta de um diálogo escrito mais próximo do real, ou seja, do quadro”, conta o professor de Física do Campus Uberlândia, Renato Máximo Coutinho.

Para simular o quadro da sala de aula com mais realidade, o professor tem usado uma mesa digitalizadora junto a um programa no qual pode simular uma lousa digital. Isso possibilita a comunicação escrita com os alunos em tempo real. “A aquisição da mesa forneceu aquilo que estava faltando na minha aula, permitindo a conexão cronológica do tempo no diálogo oral e na escrita do raciocínio”, explica Coutinho.

Após as aulas, o professor converte o material da lousa para PDF e envia aos alunos. Como complemento, o professor utiliza uma metodologia chamada Gamificação, que é a utilização de elementos ou técnicas de jogos que facilitam o engajamento dos alunos. “Assim, fortalecemos conceitos físicos importantes para o desenvolvimento das disciplinas”, explica.

O estudante do 3º período de Engenharia Civil, Leonardo Rocha, avalia que, apesar de as aulas a distância serem muito diferentes das presenciais, as ferramentas utilizadas pelos professores são simples e produtivas, o que deixa o momento do aprendizado mais interessante. “Para mim, a aquisição da mesa digitalizadora foi um diferencial, pois tornou a aula mais atrativa para os alunos, aproximando o máximo possível das aulas presenciais, de forma didática”, comenta. Para finalizar, o aluno também cita os jogos, que, segundo ele, promovem a interação do aluno com o professor e com a matéria de uma forma fora dos padrões, diversificando a aula de uma maneira positiva.

Website: http://uniube.br