Se você está pensando em criar um e-commerce, agora é uma boa hora para fazer isso.

Com a pandemia, mais pessoas estão ficando em casa e consequentemente, elas estão preferindo realizar suas compras online.

Se você quer criar uma loja online e não sabe como fazer isso, podemos te dar dicas que vão te ajudar bastante.

Há três tipos de e-commerce que você pode criar:

  • você mesmo produzir os produtos e colocar para venda;
  • você comprar e depois fazer a revenda desses produtos;
  • vender por sistema de dropshipping.

Se você é artesão, é uma ótima ideia colocar os seus produtos para vender online, por se tratar de um modo mais seguro de operar. Com a pandemia e as quarentenas, é mais difícil você realizar suas vendas sem poder ter contato com seus clientes.

Mas todos esses problemas se resolvem se o seu cliente tiver acesso aos seus produtos de forma online. Com boas fotos e uma loja virtual bem feita, você pode ainda expandir sua área de atuação.

Se você está pensando em revender produtos, é uma boa opção entrar em contato com vários fornecedores para comparar preços. 

Outra dica importante é se atentar para a qualidade dos produtos que você quer revender, bem como se os preços estão compatíveis com o mercado.

Uma dica pode ser revender produtos artesanais da sua região, já que todas as áreas relacionadas ao turismo foram gravemente afetadas pela pandemia. 

Com uma loja virtual para vender os produtos regionais, os turistas podem ter acesso aos produtos mesmo que as lojas físicas estejam fechadas.

Agora, se você prefere o sistema de dropshipping, pode ser uma grande vantagem por não precisar de um espaço físico para manter seu estoque.

Com o dropshipping, sua contribuição vai até o momento em que a compra é feita. Após isso, o fornecedor fica responsável pela entrega, pelo atendimento e por todo o suporte, incluindo a troca e devolução de produtos.

Então no caso basta você tomar conta do site, encontrar os fornecedores certos para o tipo de loja virtual que você quer e pronto.

Não importa qual tipo de e-commerce você esteja pensando em abrir, com uma loja virtual bem montada, você pode obter ótimos resultados.

Quer saber mais um pouco sobre criar um e-commerce durante a pandemia? Só continuar lendo até o final que vamos explicar tudo que você precisa saber.

Como criar um e-commerce

Depois de escolher o tipo de e-commerce que você quer criar, é hora de montar o site em si.

Para isso, você pode contratar uma agência para fazer o serviço ou até mesmo utilizar modelos que são disponibilizados nas lojas de temas. 

Fazer o serviço com uma agência especializada vai ser muito mais vantajoso pois eles poderão fazer todo o serviço. Com o serviço contratado eles farão desde a aparência do site até os protocolos de segurança e de proteção dos dados. 

Outra facilidade de contratar os serviços é que eles deixam todo o conteúdo seguindo as normas do Google.

Com seu site seguindo essas normas, ele ficará bem posicionado na pesquisa toda vez que alguém pesquisar um produto que tenha no seu site. 

Dessa forma, é muito mais fácil conseguir um fluxo de visitantes e por consequência efetuar vendas na sua loja virtual.

Quanto aos produtos, tenha uma vasta Lista de Fornecedores para evitar ficar sem estoque.

Depois de todo o site pronto, com todos os produtos cadastrados, é hora de começar a vender. 

Estratégias de Marketing para e-commerce

O marketing é essencial para atrair clientes para o seu e-commerce. Sendo assim, é essencial investir todo o tempo que puder nessa parte.

Com algumas coisas bem simples você pode contribuir, e muito, para o sucesso da sua loja virtual.

Você pode fazer vídeos dos seus produtos ou até mesmo incentivar a sua equipe a trabalhar como influencers usando os produtos. 

Essas coisas são realmente fáceis de fazer e apenas isso já vai contribuir para aumentar o número de possíveis clientes.

Fazer uso das redes sociais pode ser um fator determinante para o sucesso do seu e-commerce. Quanto mais visibilidade, mais possíveis clientes.

Outra coisa importante é que o cliente tenha uma boa experiência de compra. Portanto, uma equipe de atendimento educada e disposta a ajudar faz toda a diferença. 

Outro fator importante é a qualidade dos produtos e a descrição deles no site. Não adianta o site ser bonito se a informação do produto não for adequada.

Então invista um tempo colocando uma descrição detalhada dos seus produtos. Fotos demonstrando como utilizar os produtos também são bem vindas e ajudam o cliente a saber para que serve aquele produto.

Além de tudo que foi citado, uma outra dica para alavancar seu e-commerce e gerar receitas, que é infalível: brindes. Dar brindes de primeira compra ou cupons de desconto para uma compra futura são maneiras fáceis de marketing que funcionam muito bem.

Com todas essas dicas, agora basta você escolher o melhor tipo de e-commerce para você e começar a vender.