Vasco
Vasco foto: shutterstock

Depois de oito anos, o cruzmaltino voltou a liderar a competição e a torcida vai a loucura nas redes

Gabriel Mecca 

Os quatro primeiros jogos do Vasco neste campeonato brasileiro empolgou demais a torcida. Foram três vitórias em um empate, colocando o time entre os primeiros colocados. Ao final da quarta rodada, o cruzmaltino chegou a liderar o campeonato. O único jogo onde a equipe perdeu pontos foi no empate de 0 a 0 contra o Grêmio, provavelmente um time que vai brigar pelas primeiras colocações. Vale lembrar que o time ainda tem um jogo a menos, pois não jogou contra o Palmeiras na primeira rodada da competição. 

O torcedor do Vasco não sentia essa sensação há muito tempo. A última vez que o time cruzmaltino tinha terminado uma rodada do Brasileirão na liderança foi em 2012, há oito anos atrás. O time era comandado por Cristóvão Borges e esteve no topo até a quinta rodada. Naquele campeonato, a equipe terminou na quinta colocação e lutou por uma vaga na Libertadores até as últimas rodadas. 

Mas quais são os motivos que deixam o torcedor vascaíno esperançoso? Há algumas para isso. Primeiro é o aproveitamento quase perfeito nos quatro primeiros jogos do campeonato brasileiro. Em seu primeiro jogo, venceu o Sport por 2 a 0 jogando em casa. Logo em seguida, também em São Januário, bateu o São Paulo, de Daniel Alves, por 2 a 1. Para fechar a trinca, bateu o Ceará na última rodada. E como já tinha dito antes, empatou com o Grêmio por 0 a 0. A próxima rodada, time faz o clássico contra o Fluminense no Maracanã. 

O segundo motivo que deixa o torcedor esperançoso é por conta do treinador. Ramon Menezes, ídolo do clube, assumiu o cargo depois da demissão de Abel Braga. Mesmo sabendo que no Brasil um técnico pode cair depois de três jogos ruins, há motivos para elogiar o técnico vascaíno. 

Até o momento, ele não quis inventar a roda e fez o básico para fazer o time ser competitivo mais uma vez. Primeiro, arrumou a casinha na defesa. Leandro Castán e Ricardo estão mais protegidos e ficam menos expostos durante o jogo. Isso faz com que o adversário crie menos chances. Os laterais Henrique e Cláudio Winck protegem as alas e evitam a subida dos pontas adversários. 

Por enquanto, esta defesa está se saindo muito bem. Sofreu apenas um gol nessas três rodadas do campeonato e é a melhor defesa do Brasileirão. Não está empatado com ninguém nesse critério. 

Outro motivo para acreditar é por conta do momento iluminado de Germán Cano, o centroavante cruzmaltino neste campeonato. Ele já marcou três gols neste campeonato e mostra que vai brigar pela artilharia. O argentino tem 12 gols na temporada e não dá nenhuma pinta de que vai parar de meter bola na rede. 

Para se ter ideia de como esse número é expressivo, os artilheiros dos últimos anos no Vasco não tiveram essa quantidade de gol durante a temporada inteira. Em 2019, por exemplo, Marrony e Yago Pikachu marcaram 9 gols durante toda a temporada. Já em 2017, Nenê foi o máximo goleador com apenas 11 gols. A expectativa é que Cano possa bater o recorde da década de Alecsandro. Ele marcou 26 vezes em 2012, justamente o ano que o Vasco liderou o campeonato pela última vez. 

Mais do que acreditar, ele quer tirar onda nesse momento. O cruzmaltino está louco mesmo para mandar uma mensagem para os rivais flamenguistas e curtir esse momento eternamente enquanto dure. Estar na liderança e ver o rival, que era o todo poderoso, escorregar no começo da competição é estar sonhar acordado para o torcedor. 

A grande dúvida é saber se essa fase será duradoura. Ramon Menezes vai conseguir manter essa equipe competitiva ao longo do Brasileirão? O elenco vai dar conta da maratona de jogos? Essas perguntas serão respondidas nas próximas rodadas. Enquanto isso, o torcedor curte.